Buscar

Bruno Mafra

Compartilhe:
Quem é Bruno Mafra? Professor, bacharel em teologia, pós-graduado em filosofia e mestre em teologia histórica.
A última semana de Jesus – Da entrada em Jerusalém até a ressurreição. Parte IX
Foto: Divulgação/Internet

*Sexta-feira santa.

É o dia mais importante para a cristandade. Pois, apesar do horror de como a morte de Jesus aconteceu para os cristão nesse dia toda a humanidade foi redimida. O desvio de conduta praticado no Éden com Adão que trouxe a morte eterna a todas as almas agora estava destruído. “Quem crer e for batizado será salvo.” Dirá o cristo ressuscitado. (Marcos 16, 16)

Das 6h às 9h

“1Assim que amanheceu, os chefes dos sacerdotes se reuniram com os líderes dos judeus, e com os mestres da Lei, e com todo o Conselho Superior e fizeram os seus planos. Eles amarraram Jesus, e o levaram, e entregaram a Pilatos. 2Pilatos perguntou: — Você é o rei dos judeus? — Quem está dizendo isso é o senhor! — respondeu Jesus. 3E os chefes dos sacerdotes faziam muitas acusações contra ele. 4Então Pilatos fez outra pergunta: — Você não vai responder? Veja quantas acusações estão fazendo contra você! 5Porém Jesus não disse mais nada, e Pilatos ficou muito admirado com isso.”

Comentário

Pela manhã entregaram Jesus a Pilatos o representante do império romano. A cena toda é um escarnio. Pilatos pergunta a um camponês já surrado se ele era o rei do judeus. A pergunta sugere uma forte ironia. Jesus reponde: Tu o dizes. Com certeza esse interrogatório aconteceu no palácio do falecido rei Herodes o grande lugar preferido dos governadores romanos quando estavam em Jerusalém.

“3E os chefes dos sacerdotes faziam muitas acusações contra ele. 4Então Pilatos fez outra pergunta: — Você não vai responder? Veja quantas acusações estão fazendo contra você! 5Porém Jesus não disse mais nada.”

Os teólogos todos afirmam que o silêncio de Jesus é seu total desprezo por quem o interroga. Jesus no Evangelho de Marcos depois desta fala somente irá falar na cruz.
__________________________________________________

“6Em toda Festa da Páscoa, o Governador costumava soltar um dos presos, a pedido do povo. 7Naquela ocasião um homem chamado Barrabás estava preso na cadeia junto com alguns homens que tinham matado algumas pessoas numa revolta. 8A multidão veio e começou a pedir que, como era o costume, Pilatos soltasse um preso. 9Então ele perguntou: — Vocês querem que eu solte para vocês o rei dos judeus? 10Ele sabia muito bem que os chefes dos sacerdotes tinham inveja de Jesus e que era por isso que o haviam entregado a ele. 11Mas os chefes dos sacerdotes atiçaram o povo para que pedisse a Pilatos que, em vez de soltar Jesus, ele soltasse Barrabás. 12Pilatos falou outra vez com o povo. Ele perguntou: — O que vocês querem que eu faça com este homem que vocês chamam de rei dos judeus? 13E eles gritaram: — Crucifica! 14— Que crime ele cometeu? — perguntou Pilatos. Mas eles gritaram ainda mais alto: — Crucifica! Crucifica! 15Então Pilatos, querendo agradar o povo, soltou Barrabás, como eles haviam pedido. Depois mandou chicotear Jesus e o entregou para ser crucificado.” (Marcos 15, 6-14).

Comentário

É difícil provar historicamente essa troca de presos feita por Pilatos a gosto de uma multidão. A Judeia era uma região de conflitos constantes com as patrulhas romanas, mas é o que Marcos está dizendo.

Quero lembrar que toda a cena de condenação de Jesus acontece dentro dos muros do palácio de Herodes. Claro que a multidão que aclamou hosana ao filho de Davi na sua entrada em Jerusalém não teria como entrar na fortaleza. Então que multidão era essa? Com certeza uma multidão montada e programada para pedir a condenação dele.

Quem é Barrabás? Um Zelote ou Sicário que acredita diferentemente de Jesus que somente as armas trariam a libertação da Judeia do julgo do romanos.

Em qual contexto social Marcos escreveu esse texto. Entre os anos 66 e 70 d. C. Nesse período os judeus foram à luta armada e Jerusalém foi totalmente destruída. Seguiram o modelo “Barrabás” e não o modelo Jesus. Ambos os personagens são revolucionários e desafiaram o império, mas por caminhos diferentes. Será Barrabás de fato uma pessoa? Ou apenas Marcos reconhecendo que mais uma vez o modelo Jesus de revolução não foi levado em consideração? Será esse texto um alerta para seus compatriotas da inviabilidade do usos de armas? É um texto bem difícil.
______________________________________________________

“16Aí os soldados levaram Jesus para o pátio interno do Palácio do Governador e reuniram toda a tropa. 17Depois vestiram em Jesus uma capa vermelha e puseram na cabeça dele uma coroa feita de ramos cheios de espinhos. 18E começaram a saudá-lo, dizendo: — Viva o Rei dos Judeus! 19Batiam na cabeça dele com um bastão, cuspiam nele e se ajoelhavam, fingindo que o estavam adorando. 20Depois de terem caçoado dele, tiraram a capa vermelha e o vestiram com as suas próprias roupas. Em seguida o levaram para fora a fim de o crucificarem.” (Marcos 15, 16-21) 

Comentário

As primeiras horas da manhã se seguiram com escárnios e torturas
 
*vestiram em Jesus uma capa vermelha.
*Puseram na cabeça dele uma coroa feita de ramos cheios de espinhos.
*Batiam na cabeça dele com um bastão
*Cuspiam nele
____________________________________________________  

Das 9h ao 12h 

21 No caminho, os soldados encontraram um homem chamado Simão, que vinha do campo para a cidade. Esse Simão, o pai de Alexandre e Rufo, era da cidade de Cirene. Os soldados obrigaram Simão a carregar a cruz de Jesus 22e levaram Jesus para um lugar chamado Gólgota. (Gólgota quer dizer “Lugar da Caveira”.) 23Queriam dar a ele vinho misturado com um calmante chamado mirra, mas ele não bebeu. 24Em seguida os soldados o crucificaram e repartiram as suas roupas entre si, tirando a sorte com dados, para ver qual seria a parte de cada um. 25Eram nove horas da manhã quando crucificaram Jesus. 26Puseram em cima da cruz uma tabuleta onde estava escrito como acusação contra ele: “O Rei dos Judeus”. 27Com Jesus, crucificaram também dois ladrões: um à sua direita e o outro à sua esquerda. 28[Assim se cumpriu o que as Escrituras Sagradas dizem: “Ele foi tratado como se fosse um criminoso.”] 29Os que passavam por ali caçoavam dele, balançavam a cabeça e o insultavam assim: — Ei, você que disse que era capaz de destruir o Templo e tornar a construí-lo em três dias! 30Pois desça da cruz e salve-se a si mesmo! 31Os chefes dos sacerdotes e os mestres da Lei também caçoavam dele, dizendo: — Ele salvou os outros, mas não pode salvar a si mesmo! 32Vamos ver o Messias, o Rei de Israel, descer agora da cruz e então creremos nele! E os ladrões que foram crucificados com Jesus também o insultavam.

Comentário

Os prisioneiros condenados a crucificação eram obrigados a carregar o “Patibulum” ou seja a barra horizontal da cruz até o local onde ficaria a parte vertical (poste) para concluir a crucificação. Jesus recebeu ajuda forçada por estar cansado de um tal “Simão, o pai de Alexandre e Rufo, era da cidade de Cirene” personagem do qual nada sabemos.

A pena de crucificação era aplicada a escravos fugitivos e rebeldes insurgentes. Era uma forma de terrorismo público romano nas regiões dominadas. Era comum por ser uma forma de intimidação pública ver postes erguidos como sinal de lembrança de que resultado é a cruz para insurgentes contra o império. 

As crucificações ao contrário do que se pensa eram geralmente baixas e o resultado era que após dias pendurados os pássaros e caos selvagens avançavam sobre os cadáveres que não poderiam jamais serem removidos a não ser por determinação de Pilatos. Família alguma sem autorização poderia proceder o sepultamento de um crucificado.

Jesus é crucificado entre dois ladrões. A tradução pecou muito aqui. No grego original está salteadores que na compreensão seriam insurgentes ou guerrilheiros que lutavam por sua liberdade.
_______________________________________________________  

Do meio dia as 15h

“33Ao meio-dia começou a escurecer, e toda a terra ficou três horas na escuridão.” (Marcos 15, 33)

Comentário 

Jesus já está na cruz a três horas. Toda terra ficou escura não dá para saber que terra é esta com precisão. No mundo antigo acontecimentos altamente expressivos eram acompanhados de sinais dos céus. Essa escuridão é uma imagem arquetípica comum no mundo antigo de luto por “Jesus como o Messias Salvador do mundo.” Os teólogos afirmam que Marcos visitou escritos proféticos como Jeremias 15, 9 que se refere ao sol se pondo meio dia entre outros escritos.
O texto é ousado. A escuridão coloca todo o “Cosmos” escuro e triste porque o filho de Deus foi assassinado. O universo conhecido acima dos homens dá seu sinal de repulsa a humanidade pela morte de Jesus deixando a terra escura por três goras.
_______________________________________________________

Das 15h as 18h
(Marcos 15, 34-41)

Vamos dividir o texto em duas partes para melhor compreensão. “Às três horas da tarde Jesus gritou bem alto: — “Eloí, Eloí, lemá sabactani?” Essas palavras querem dizer: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” Algumas pessoas que estavam ali ouviram isso e disseram: — Escutem! Ele está chamando Elias! Alguém correu e molhou uma esponja em vinho comum, pôs na ponta de um bastão, deu para Jesus beber e disse: — Esperem! Vamos ver se Elias vem tirá-lo da cruz! Aí Jesus deu um grito forte e morreu. Então a cortina do Templo se rasgou em dois pedaços, de cima até embaixo.

Comentário.

Jesus cita na cruz o salmo 22. “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” A cortina do véu do templo se rasga em dois pedaços significa a destruição do poder do templo que oprimia o povo naquela época e que agora tem livre acesso a Deus diretamente. Por trás desse véu no tempo ficava o santos dos santos restrito ao sumo sacerdote daquele ano que entrava lá apenas um vez por ano. O véu rasgado coloca todos na presença de Deus.
_______________________________________________________

O oficial do exército romano que estava em frente da cruz, vendo Jesus morrer daquele modo, disse: — De fato, este homem era o Filho de Deus! Algumas mulheres também estavam ali, olhando de longe. Entre elas estavam Maria Madalena, Salomé e Maria, que era mãe de José e de Tiago, o mais moço. Essas mulheres tinham acompanhado e ajudado Jesus quando ele estava na Galileia. Além dessas, estavam ali muitas outras mulheres que tinham ido com ele para Jerusalém.”

Comentário

“O oficial do exército romano que estava em frente da cruz, vendo Jesus morrer daquele modo, disse: — De fato, este homem era o Filho de Deus!”
Esse oficial romano é o primeiro ser humano a chamar Jesus de filho de Deus. Nem os seus discípulos o chamavam assim. Qual o significado dessa frase vinda de quem estava afrente da execução? A teologia do império romano dizia que o imperador era o filho de Deus que trazia paz a terra. Aqui o império testemunha contra se e assume a culpa pela morte do legitimo filho de Deus.
_______________________________________________________  


18h - o enterro de Jesus 

“Já era quase noite quando chegou José, que era da cidade de Arimateia. Ele era um homem importante e fazia parte do Conselho Superior. José também esperava a vinda do Reino de Deus. Era o Dia da Preparação, isto é, a véspera do sábado. Por isso José, tomando coragem, foi falar com Pilatos e pediu o corpo de Jesus. Pilatos ficou admirado quando soube que Jesus já estava morto. Chamou o oficial romano e perguntou se fazia muito tempo que Jesus tinha morrido. Depois de receber a informação do oficial, Pilatos entregou a José o corpo de Jesus. José comprou um lençol de linho, tirou o corpo da cruz e o enrolou no lençol. Em seguida pôs o corpo num túmulo cavado na rocha e rolou uma grande pedra para fechar a entrada do túmulo. Maria Madalena e Maria, a mãe de José, estavam olhando e viram onde o corpo de Jesus foi colocado.”

Comentário

Nenhum crucificado poderia ser retirado da cruz sem ordem direta de Pilatos. O fato de Jesus não sido devorado pelas aves e cães selvagens na cruz como aconteceu com 99% dos crucificados dão o indicativo do nível de relacionamentos de Jesus. José de Arimateia era do conselho, da parte que não concordou com a morte de Jesus.
“José comprou um lençol de linho, tirou o corpo da cruz e o enrolou no lençol. Em seguida pôs o corpo num túmulo cavado na rocha e rolou uma grande pedra para fechar a entrada do túmulo.”


Continuaremos no domingo...

Postada em 19/04/2019 08:46 | Atualizada em 19/04/2019 08:56
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Bruno Mafra

1

Em poucos dias

Após expulsão do PSL de Bolsonaro, Alexandre Frota filia-se ao PSDB de João Doria

2

Inusitado

Homem fica oito dias com dentadura 'perdida' na garganta após cirurgia

3

No MT

Sagui recém-descoberto em área de desmatamento na Amazônia enfrenta ameaça de extinção

4

Para poucos

Bugatti cria outro hipercarro, mas esse custa 'só' R$ 35,5 milhões

5

Foi expulso do PSL

"Bolsonaro não é burro, mas um idiota ingrato que nada sabe", diz Alexandre Frota

6

Em prol da limpeza

Portugal dará multas a quem jogar bitucas de cigarros em vias públicas

1

Jota Silva

Henriqueta Cardeal jogou balde de água fria nos eleitores de Edna do Tatuakara

2

Juliano Rodrigues

Gálacticos, os verdadeiros campeões da Liga de Futsal de Paulo Afonso 2019

3

Senadinho

Renan Filho junta Padre Eraldo e Lula no mesmo palanque, mas vai apoiar quem em 2020?

4

Guarda em luto

Por morte de guarda municipal, Prefeitura de Delmiro decreta luto oficial de três dias

5

Em 1907

Cangaceiro Corisco, o “Diabo Loiro” do bando de Lampião, nasceu em Água Branca há 112

6

Surpreendente

Cantor Gusttavo Lima posta vídeo de jovem de Água Branca que sonha ajudar família carente

1

Violência

Atentado à bala resulta na morte de duas pessoas em Delmiro Gouveia

2

Em 1907

Cangaceiro Corisco, o “Diabo Loiro” do bando de Lampião, nasceu em Água Branca há 112

3

Na BR-423

Acidente com carro resulta na morte de guarda municipal em Delmiro Gouveia

4

Surpreendente

Cantor Gusttavo Lima posta vídeo de jovem de Água Branca que sonha ajudar família carente

5

Fatalidade

Acidente com carro deixa uma pessoa morta e outras feridas próximo à entrada de Canapi

6

Guarda em luto

Por morte de guarda municipal, Prefeitura de Delmiro decreta luto oficial de três dias