Buscar

Jairo Ribeiro

Compartilhe:
Quem é Jairo Ribeiro? É radialista (MTE/AL 912), ator (MTE/AL 1389), produtor cultural, historiador e palestrante. Atualmente é apresentador de radiojornalismo na Jaciobá FM, é repórter correspondente da rádio Jovem Pan News Maceió e integra a rádio Maceió Brasil.
No Sertão polícia trabalha com o ‘pires nas mãos’
Foto: Ascom/PM-AL

Na contramão do que é divulgado por autoridades em caras campanhas de mídia, Alagoas retorna a passos largos ao ranking dos estados onde mais se mata.

Dados estatísticos divulgados na página da Secretária de Segurança Pública (SSP) comprovam que, somente nos dois primeiros meses desse ano, 402 pessoas foram mortas.

Exemplificando, no mês de janeiro foram 206 homicídios. Em fevereiro foram 196. Se comparados os anos anteriores, o crescente número comprova que o planejamento para inibir a violência no estado é falho e não tem efeito principalmente nos bairros pobres de Maceió.

Em janeiro de 2015, foram registrados em Alagoas 208 assassinatos. No ano seguinte, no mesmo mês, foram 155. Já no mês de fevereiro de 2015 foram 168 mortes e em fevereiro do ano passado 146 homicídios.

Outros índices negativos também despertam a atenção na quantidade de homicídios registrados nos dois primeiros meses desse ano. 51,2% dos mortos tinham entre 18 e 29 anos, enquanto que 24,9% das vítimas tinham entre 30 e 45 anos.

Dos 402 mortos, 77,6% das vítimas foram assassinadas por armas de fogo, 10,7% por arma branca e 7,2% por espancamento. Do total de mortos, 56,5% perderam a vida em vias públicas, na presença de diversas testemunhas.

Mas, é outra estatística que deixa Alagoas numa situação ainda mais vexatória. Apesar de 93% das vítimas fatais serem do sexo masculino e apenas 7% do sexo feminino, essa revelação comprova uma certa banalidade em se matar mulher no Estado.

Números da Polícia Militar (PM) revelam que de 1º de janeiro até 11 de março 30 mulheres foram assassinadas em todo o estado. Doze dos casos aconteceram em Maceió. 19 das vítimas foram mortas a tiros e cinco a facadas. O tráfico de drogas e os crimes passionais lideram as motivações.

Os números podem aumentar se forem acrescidas as vítimas de acidentes de trânsito, envenenamentos, quedas e casos que os laudos do Instituto Médico Legal (IML) ainda não foram concluídos.

Em muitos dos casos, os crimes poderiam ter sido evitados se não fossem as falhas nas Leis e a impotência do Estado em garantir proteção às mulheres. O desrespeito as medidas protetivas e a falta de policiais nas únicas três Delegacias das Mulheres em Alagoas são apontados como fatores importantes para que mais mulheres sejam vítimas impotenciais de homens violentos.

Em segundo lugar, a captação de mais mulheres para o tráfico de drogas expõem elas a situações violentas.

Em muitos dos crimes, as investigações nem iniciaram por falta de policiais.

No nosso Sertão, os crimes têm assustado e enlutados as famílias. São latrocínios (roubos seguidos de morte), assaltos, roubos e homicídios que comprovam que o policiamento nos municípios sertanejos ainda funciona com o ‘pires nas mãos’.

Postada em 15/03/2017 15:11 | Atualizada em 15/03/2017 15:14
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Jairo Ribeiro
Postagens Anteriores123456Próximas Postagens

1

SMTT

Ação educativa com feirantes de Delmiro Gouveia melhora acessibilidade das calçadas

2

Delmiro Gouveia

Prefeitura firma contrato de mais de R$ 1,5 milhão com instituto para administrar UPA

3

Educação

Projeto leva leitura e carinho aos pacientes do Hospital de Piranhas

4

Em flagrante

Menor suspeito de invadir residência, furtar facas e outros objetos é apreendido em Inhapi

5

Crime elucidado

Homem apresenta-se à polícia e confessa ter matado adolescente a facadas em Água Branca

6

Agricultura

Prefeitura de Canapi: Máquinas garantem plantio

1

De Delmiro Gouveia

Quadrilha Junina Estrela do MAC vira orgulho, mas luta contra dificuldades financeiras

2

Velho conhecido

Suspeito de furto a residências é preso após ser contido por populares em Delmiro Gouveia

3

Sendo construído

Memorial em homenagem a Delmiro Gouveia não ficará pronto na data do centenário

4

EM MONTEIRÓPOLIS

Gari vereador denuncia falta de uniforme e de EPI; secretário diz que ele tem, mas não usa

5

Promessa do futebol

Revelação do Delmirense 2015 assina contrato profissional e disputa 2ª Divisão do Alagoano

6

Adiado novamente

TJ adia pela quinta vez e marca para dezembro julgamento do prefeito de Monteirópolis

1

Autoria desconhecida

Delmirense é surpreendida por criminosos e acaba morta a tiros no Rio Grande do Norte

2

Promessa do futebol

Revelação do Delmirense 2015 assina contrato profissional e disputa 2ª Divisão do Alagoano

3

Próximo de casa

Homem é morto com vários disparos de arma de fogo enquanto retornava de padaria em Inhapi

4

A casa caiu

Suspeito de furtar motos de galpão utilizado pela Polícia Civil é preso em Delmiro Gouveia

5

Após levantamentos

Ação policial recupera veículo furtado e prende suspeito em Delmiro Gouveia

6

Está em coma

Professor de São José da Tapera fica gravemente ferido em acidente próximo a Arapiraca