Buscar

Jairo Ribeiro

Compartilhe:
Quem é Jairo Ribeiro? Coach (IBC), blogueiro, consultor de Marketing e gestão de pessoas, radialista (MTE/AL 912), ator (MTE /AL 1389 ) e enfluencer digital. Apresenta programa jornalístico na radio Jaciobá FM e é sócio e apresentador da Agência Sertão.
Canal do Sertão continua recebendo mais dinheiro que água do São Francisco

E as obras para a conclusão do Canal do Sertão, em Alagoas, seguem em ritmo lerdo.

Vejo que o tema não é assunto da maioria de blogs e sites na região sertaneja – e por que será? – que nada falam sobre a obra que tem alimentado a politicagem no Sertão. Bo começo do ano, a Assembléia Legislativa promoveu uma audiência pública para debater o Canal. O evento foi de autoria de um deputado – que jura ser defensor dos sertanejos – que na verdade usou o assunto em moda para esconder sua pretenção de ser – de novo – prefeito de uma cidade as magens do São Francisco. 

O projeto, a segunda maior obra hídrica do país e foi idealizado ainda quando o hoje senador Fernando Collor de Mello era governador de Alagoas, na década de 90 e iniciada no governo de falecido Geraldo Bulhões,

Inicialmente se esperava gastar cerca de R$ 600 milhões para a construção de 250 quilômetros de canal. Mas o misto de projeto com politicagem, má vontade de resolver e absoluto descaso público já consumiu cerca de R$ 2,5 bilhões de dinheiro do povo em apenas 113 quilômetros.

Até o momento só foram concluídos – as duras penas – os trechos I, II e III do canal, chegando ao Km 113 (no trecho IV), onde as obras encontram-se com 75% de avanço físico (Km 92,93 ao Km 123,4), nas cidades de Senador Rui Palmeira e São José da Tapera.

E para piorar o enredo dos gastos com o nada, conforme avaliação de técnicos da Secretaria Estadual de Infraestrutura, o Governo de Alagoas terá que tirar de suas pobres (?) economias mais R$ 2,5 bilhões. Claro, esse valor não garante a conclusão do canal.

Atualmente, Alagoas retira água no braço do rio que fica na região do Moxotó, no município de Delmiro Gouveia (distante 294 quilômetros de Maceió) e leva até o município de Pão de Açúcar, distante 236 quilômetros da capital.

Prestem atenção. Alagoas paga anualmente cerca de R$ 320 mil, para utilização da água. A outorga é de 2,6 metros cúbicos por segundo (m³/s), ou seja, 2.600 litros por segundo. Mas, a utilização dessa disponibilidade hídrica é de apenas 25% no Canal do Sertão.

É fato que desde o final do ano passado a sequência da obra está parada. Trabalhadores não dão um dia útil de serviço para o alongamento do canal.

Recentemente o secretário de Infraestrutura do Estado, Maurício Quintella – aquele que era deputado federal, se lançou candidato ao Senado e quase ‘derruba’ o pai do governador, recebendo como brinde o comando de uma secretária – teria participado de audiências no Ministério do Desenvolvimento Regional, em Brasília, conseguindo – segundo ele – um remanejamento orçamentário de cerca de R$ 60 milhões no Orçamento para a continuidade do Canal do Sertão.

A dinheirama permitirá a continuidade da obra do trecho IV (Km 92,93 ao Km 123,40). Não devemos confundir continuidade da obra do trecho com conclusão do trecho, quando só será pensado no próximo ano, após a liberação de mais de R$ 100 milhões. E no final desse trecho terá que ser feito um túnel de 750m. que é considerado de maior custo e que a empresa só começa quando o dinheiro for depositado em sua conta.

Afirmo que consta no Portal da Transparência da União a liberação, este ano, de R$ 30 milhões, dos R$ 64 milhões previstos para a obra.

Postada em 24/07/2019 17:05
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Jairo Ribeiro

1

Causa desconhecida

Corpo achado em sítio de Maravilha pode ser de jovem que estava desaparecido

2

Durante blitz

Homem é preso enquanto conduzia moto irregular em frente a terminal rodoviário de Delmiro

3

Violência

Jovem é assassinado com vários tiros na cabeça dentro de carro em Maravilha

4

Propaganda antecipada

Enquetes de intenção de voto estão liberadas, mas jingles podem configurar crime, diz TRE

5

Cultura

Divulgada programação completa da Festa do Feijão de Senador Rui Palmeira

6

Operação no Congresso

PF faz buscas no gabinete de Fernando Bezerra Coelho, líder do governo Bolsonaro no Senado

1

Apuração

Contratos ilegais: MPE deflagra operação em secretarias e Prefeitura de Monteirópolis

2

Fenômeno incomum

Cascavéis são flagradas no entorno de residência e cruzando rodovia no Sertão de Alagoas

3

Avaliação crítica

Enquete revela que 71% dos eleitores estão insatisfeitos com o prefeito que elegeram

4

Sucessão em 2020

“Não apoio o ex-prefeito Moacir Vieira e nem o atual vice”, afirma prefeito de Pariconha

5

Bruno Mafra

Maquiavel e Saramago ajudam a compreender o cenário político-reigioso brasileiro.

6

Esclarecimento

Jovens detidos após assalto a posto em Delmiro são inocentes e foram liberados

1

Durante a madrugada

Mulher é encontrada morta ao lado de moto em trecho da BR-316 em Poço das Trincheiras

2

Fenômeno incomum

Cascavéis são flagradas no entorno de residência e cruzando rodovia no Sertão de Alagoas

3

Violência

Jovem é assassinado com vários tiros na cabeça dentro de carro em Maravilha

4

Apuração

Contratos ilegais: MPE deflagra operação em secretarias e Prefeitura de Monteirópolis

5

Acidente

Capotamento de carro deixa quatro pessoas feridas em trecho da AL-145 em Água Branca

6

Se deu mal

Homem sobra carro em curva, atinge residência e acaba preso em Delmiro Gouveia