Buscar

Editorias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Aborto – questão legal ou existencial?
Por João Baptista Herkenhoff*
Foto: Divulgação/Internet

O Juiz Marcelo Pimentel, titular da Décima Vara Cível de Vitória, autorizou que uma parturiente interrompesse a gravidez em vista da comprovação de que o bebê nasceria sem cérebro.

Se magistrado da ativa ainda fosse, daria a mesma decisão que foi prolatada pelo digno colega. Não se trata de aconselhar o aborto, nesta e em outras situações. Trata-se de compreender o drama do semelhante e agir com caridade à face do caso concreto.

Em minha peregrinação pelas estradas da Justiça, defrontei-me com alguns casos de aborto. O julgamento prolatado por Marcelo Pimentel provocou, no meu espírito, a lembrança de dois processos.

O primeiro episódio que vem a minha memória é o caso de uma jovem que havia praticado aborto e que toda noite embalava um berço vazio, como se no berço houvesse uma criança. Percebi que não era suficiente absolvê-la. Era preciso libertá-la do sentimento de culpa que a atormentava.

Disse-lhe então: “Madalena, você é muito jovem, sua vida não acabou. Esta criança que iria nascer não existe mais. Você poderá ter outras crianças que alegrem sua vida. Você vai prometer não mais embalar um berço vazio.“

Ela prometeu que iria seguir o conselho. Eu finalizei a decisão dizendo: “Este juiz, que é apenas um mortal, a absolve. Mas antes de mim, Jesus Cristo, cuja imagem está nesta sala, já a absolveu. Que Santa Maria Madalena, a santa que tem seu nome, a proteja. Não sei se você sabe que Maria Madalena tinha sido prostituta e veio a ser, dentre os primeiros cristãos, a predileta de Jesus.“

Ela respondeu: “Sei sim, juiz, eu conheço a história de Maria Madalena. E daqui em diante vou rezar para ela todos os dias.“

Outro caso que a memória octogenária conserva é da mocinha que praticou aborto e quase à morte foi levada para um hospital que a socorreu e comunicou depois o fato à Justiça. O Promotor, no cumprimento do seu dever, formulou denúncia, que recebi. Designei interrogatório. Então, pela primeira vez, eu me defrontei com o rosto sofrido da mocinha. Aquele rosto me enterneceu. Proferi absolvição liminar.

Aos jovens, que queiram fazer carreira e chegar aos pincaros da magistratura, não aconselho que sigam meu exemplo. Fui aposentado como soldado raso, apenas Juiz de Direito. Não fui a Desembargador.

*É Juiz de Direito aposentado (ES) e escritor. E-mail: jbpherkenhoff@gmail.com - site: www.palestrantededireito.com.br

Postada em 17/11/2017 23:02
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Artigos

1

Artigo

Quero emagrecer, mas sou compulsivo

2

Artigo

A Copa política e o Patriotismo

3

Artigo

Como a felicidade pode ser transformadora nas organizações

4

Na br-316

Integrantes de banda ficam feridos em acidente com ônibus em Santana do Ipanema

5

Artigo

A delirante pretensão da candidatura de Lula

6

Educação

Em Delmiro Gouveia, redução da evasão escolar e maus tratos mobilizam a sociedade

1

Prefeito de Mata Grande

TJ confirma para esta terça-feira julgamento de embargos em processo de Mandu

2

Dia 19

Audiências que podem cassar Padre Eraldo, o vice e 2 vereadores acontecerão nesta terça

3

Já mira 2020

Luiz Pedro, filho de Celso Luiz, retira pré-candidatura e declara apoio a Fátima Canuto

4

Em entrevista

Carimbão não descarta ser candidato a prefeito em Delmiro Gouveia novamente

5

Antes do São João

Prefeitura de Delmiro antecipa folha de pagamento e injeta quase 3 milhões na economia

6

Pedro Paulo (PT)

“Não temos representante de Delmiro Gouveia na ALE”, diz vereador pré-candidato a deputado

1

Violência

Homem é assassinado com vários disparos de arma de fogo em Inhapi

2

Fatalidade

Garoto de Delmiro Gouveia que necessitava de doação de sangue morre em Maceió

3

Em maceió

Acusado de “financiar” assassinato do comandante da Caatinga de Sergipe morre em confronto

4

Insegurança

Criminosos invadem casa, fazem morador refém e roubam moto em Delmiro Gouveia

5

Confira

Prefeitura de Delmiro Gouveia divulga programação do São João, sem custos para o município

6

3 casos

Água Branca foi a cidade mais violenta do Sertão em abril, segundo estatísticas da SSP