Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Jair Bolsonaro é condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais a comunidades quilombolas
Em palestra, deputado distorceu informações e fez uso de 'expressões injuriosas, preconceituosas e discriminatórias', diz MPF; valor será revertido para o Fundo Federal de Defesa dos Direitos Difusos
Por G1
Jair Bolsonaro durante seu discurso na Câmara - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado federal Jair Bolsonaro foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais coletivos a comunidades quilombolas e à população negra em geral, a ser revertido em favor do Fundo Federal de Defesa dos Direitos Difusos.

O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro entrou com um processo contra Jair Bolsonaro, em abril deste ano, depois que o deputado realizou uma palestra no Clube Hebraica, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, e lá ofendeu e depreciou a população negra e indivíduos pertencentes às comunidades quilombolas. O deputado pode recorrer da sentença. A assessoria do deputado disse ao G1, na tarde desta terça-feira (3), que Bolsonaro não vai se pronunciar sobre o caso.

Na ação, os procuradores da República sustentam que Bolsonaro distorceu informações e fez uso de "expressões injuriosas, preconceituosas e discriminatórias com o claro propósito de ofender, ridicularizar, maltratar e desumanizar as comunidades quilombolas e a população negra".

No Hebraica, segundo MPF, o deputado afirmou, por exemplo, que visitou uma comunidade quilombola e "o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas". Ainda citando a visita, disse também: "não fazem nada, eu acho que nem pra procriar servem mais". Para os procuradores da República Ana Padilha e Renato Machado, as afirmações "desumanizam as pessoas negras, retirando-lhes a honra e a dignidade ao associá-las à condição de animal".

"Com base nas humilhantes ofensas, é evidente que não podemos entender que o réu está acobertado pela liberdade de expressão, quando claramente ultrapassa qualquer limite constitucional, ofendendo a honra, a imagem e a dignidade das pessoas citadas, com base em atitudes inquestionavelmente preconceituosas e discriminatórias, consubstanciadas nas afirmações proferidas pelo réu na ocasião em comento", concluem os procuradores na ação.

Na sentença, publicada nesta segunda-feira (2), a juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro, afirma que está "evidenciada a total inadequação da postura e conduta praticada pelo réu, infelizmente, usual, a qual ataca toda a coletividade e não só o grupo dos quilombolas e população negra em geral".

Postada em 04/10/2017 11:01
1 Comentário

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Brasil/Mundo

1

Morreu na hora

Homem é assassinado com tiro de espingarda “soca-tempero” em Mata Grande

2

SMTT

Ação educativa com feirantes de Delmiro Gouveia melhora acessibilidade das calçadas

3

Delmiro Gouveia

Prefeitura firma contrato de mais de R$ 1,5 milhão com instituto para administrar UPA

4

Educação

Projeto leva leitura e carinho aos pacientes do Hospital de Piranhas

5

Em flagrante

Menor suspeito de invadir residência, furtar facas e outros objetos é apreendido em Inhapi

6

Crime elucidado

Homem apresenta-se à polícia e confessa ter matado adolescente a facadas em Água Branca

1

De Delmiro Gouveia

Quadrilha Junina Estrela do MAC vira orgulho, mas luta contra dificuldades financeiras

2

Velho conhecido

Suspeito de furto a residências é preso após ser contido por populares em Delmiro Gouveia

3

Sendo construído

Memorial em homenagem a Delmiro Gouveia não ficará pronto na data do centenário

4

EM MONTEIRÓPOLIS

Gari vereador denuncia falta de uniforme e de EPI; secretário diz que ele tem, mas não usa

5

Promessa do futebol

Revelação do Delmirense 2015 assina contrato profissional e disputa 2ª Divisão do Alagoano

6

Adiado novamente

TJ adia pela quinta vez e marca para dezembro julgamento do prefeito de Monteirópolis

1

Autoria desconhecida

Delmirense é surpreendida por criminosos e acaba morta a tiros no Rio Grande do Norte

2

Promessa do futebol

Revelação do Delmirense 2015 assina contrato profissional e disputa 2ª Divisão do Alagoano

3

Próximo de casa

Homem é morto com vários disparos de arma de fogo enquanto retornava de padaria em Inhapi

4

A casa caiu

Suspeito de furtar motos de galpão utilizado pela Polícia Civil é preso em Delmiro Gouveia

5

Após levantamentos

Ação policial recupera veículo furtado e prende suspeito em Delmiro Gouveia

6

Está em coma

Professor de São José da Tapera fica gravemente ferido em acidente próximo a Arapiraca