Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Jovem encontrada morta em cisterna foi vítima de estupro coletivo, em Goiás
Segundo delegado, ela foi violentada por três homens após ser sequestrada em ponto de ônibus
Por G1
Rafaela Martins Cardoso, 18 anos, que foi sequestrada em um ponto de ônibus, estuprada e assassinada em Águas Lindas de Goiás - Foto: Polícia Civil/Divulgação

A jovem Rafaela Martins Cardoso, de 18 anos, foi vítima de estupro coletivo antes de ser morta estrangulada e ter o corpo jogado em uma cisterna em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O delegado responsável pela investigação, Cléber Martins, disse que dois suspeitos de participar do crime foram presos, um foi encontrado morto e outras três pessoas são procuradas.

“Três homens a estupraram. Já é assim considerado”, afirmou. De acordo com as investigações, dois deles são os presos e o terceiro é o que foi encontrado morto.

Rafaela desapareceu na madrugada de quarta-feira (6). Câmeras de segurança mostraram que ela estava em um ponto de ônibus e foi colocada dentro de um carro. Ela teve o celular roubado e foi levada para uma chácara, onde ocorreram os estupros e o assassinato.

O delegado investiga os motivos do crime. Segundo ele, alguns dos autores são conhecidos da vítima e podem ter sido vistos por ela na região e ficado com medo, porque o irmão dela seria um detento temido no local. Apesar disso, Cléber Martins acredita que o crime não foi premeditado.

Crime e prisões

O corpo de Rafaela foi encontrado dentro da cisterna de uma chácara, da qual um dos suspeitos era caseiro. Ela estava amarrada a uma mangueira. O delegado disse que, conforme a perícia, Rafaela foi estrangulada.

Um suspeito foi localizado horas após o crime e preso. Outro comparsa foi encontrado por populares e por pouco não foi linchado. A PM interveio e o levou ao hospital. Ele já teve alta e está detido. Já um terceiro suspeito foi encontrado morto.

Martins informou que ainda não foi definido por quais crimes os autores devem ser indiciados, mas que o inquérito deve ser concluído até a próxima sexta-feira (15).

Postada em 13/03/2019 19:19
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

Jairo Ribeiro

Prefeito de Tapera cai no 'tatame da política'

2

Preso

Força-tarefa da Lava Jato prende ex-presidente Michel Temer e busca Moreira Franco

3

Possível imprudência

Idoso morre em acidente entre moto e carro em rodovia que dá acesso a Major Izidoro

4

Ação conjunta

Operação das polícias Civil e Militar prende quatro e apreende três em Delmiro Gouveia

5

Com quase três meses

Bolsonaro e Renan Filho estão bem avaliados em Alagoas, aponta pesquisa

6

Conscientização

Dia Mundial da Água: Casal leva programação especial a Arapiraca e Santana do Ipanema

1

Ação

MPE/AL investiga uso de R$ 20 milhões em fraudes em licitações na Prefeitura de Delmiro

2

Presidente desempatou

Com voto de minerva, CPI contra Padre Eraldo é rejeitada na Câmara Municipal

3

Irregularidades no Sertão

“Mazelas se repetem e os gestores não aprendem”, ressalta procurador-geral Alfredo Gaspar

4

Saúde em crise

UPA de Delmiro Gouveia fecha as portas e orienta usuários a procurar hospital da cidade

5

Em entrevista

“Existem fortes indícios de desvio em recursos públicos”, afirma procurador-geral do

6

Mudança

Secretário de Saúde de Delmiro Gouveia é exonerado e gestão anuncia novo nome

1

Ação

MPE/AL investiga uso de R$ 20 milhões em fraudes em licitações na Prefeitura de Delmiro

2

Estava foragido

Preso em Delmiro Gouveia acusado de matar para roubar cobrador de prestações cearense

3

Caso elucidado

Polícia Civil aponta pai e filho como autores do assassinato de mulher em Delmiro Gouveia

4

Ação conjunta

Policiais trocam tiros com traficantes e apreendem 2 toneladas de maconha em Mata Grande

5

Chegou a ser socorrida

Mulher vítima de atentado em conjunto habitacional de Delmiro Gouveia não resiste

6

Violência

Mulher é vítima de tentativa de homicídio em conjunto habitacional de Delmiro Gouveia