Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Justiça pede exame psiquiátrico para decidir se jovem que matou ex no sexo pode ser solta
Laudo anterior apontou que Vania é sociopata, em Vilhena. Novo exame tem objetivo de verificar a saúde mental e periculosidade da presa
Por G1
Vânia está presa em Vilhena desde 2015 - Foto: Kátia Pêggo / Correio de Notícias

A 2ª Vara Criminal determinou nesta semana que Vania Basílio Rocha, de 21 anos, passe por perícia psiquiátrica antes de deixar o presídio feminino de Vilhena (RO). A jovem foi condenada a 8 anos e 4 meses de prisão por matar o ex-namorado a facadas no ato sexual. De acordo com o Poder Judiciário, a presa já pode progredir para o regime semiaberto. Contudo, ela deve passar por avaliação médica para verificar a saúde mental e periculosidade.

Vânia fez exame de sanidade mental em 2016 e o laudo apontou que ela é sociopata - pessoa com transtorno de personalidade antissocial.

Na decisão, o juiz Adriano Lima Toldo ressalta que Vania preencheu o requisito temporal para a obtenção de progressão de regime. O Ministério Público de Rondônia emitiu parecer favorável para a concessão do benefício.

No entanto, o juiz destaca que, na ação penal, a jovem “foi considerada semi-imputável, sem condições de sociabilizar naquele momento, o que demonstra a necessidade de realização de perícia psiquiátrica complementar para aferir a condição atual de saúde mental e periculosidade da reeducanda”.

Dessa forma, um médico psiquiatra foi nomeado para fazer um novo exame. O profissional já atuou como perito no caso e tem conhecimento da doença de Vania. A avaliação psiquiátrica ainda não tem data marcada.

Vania está presa desde dezembro de 2015 e foi condenada por homicídio qualificado. Nesses casos, o preso deve cumprir 2/5 da pena no regime fechado, o que daria mais de três anos na situação de Vania. Porém, além de bom comportamento, Vania realiza atividades de remição de pena, como estudo e artesanato.

Com isso, em três dias de trabalho, ela reduz um dia de pena. A cada 12 horas de estudo, ela abate um dia de prisão. E a cada resenha de livro feita, a pena é reduzida em quatro dias. A mudança para o semiaberto foi anunciada no fim de junho deste ano.

Crime

Vania matou o ex a facadas durante o ato sexual, na casa dele, em dezembro de 2015. Na época, ela confessou o crime e disse: "queria matar alguém". Antes do assassinato, a jovem chegou a escrever um post no Facebook, afirmando não ter sido uma má namorada.

Um laudo feito meses depois da prisão apontou que Vania é sociopata. No júri em que foi condenada, em setembro de 2016, a acusada fez cara de fúria ao ouvir a sentença. Em setembro de 2017, a jovem foi agredida por uma detenta e chegou a sair para registrar boletim de ocorrência.

Postada em 11/07/2018 10:14
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

No Brasil

Preço da gasolina sobe após seis semanas seguidas de queda, diz ANP

2

Estratégica

Governo Temer corre para tentar acordo com EUA sobre base de Alcântara: o que está em jogo

3

Quase R$ 500 mil

Advogado de Trump gravou o presidente discutindo pagamento a ex-modelo da ‘Playboy’

4

Disputa pela Presidência

Colecionador de polêmicas, Ciro ajusta o tom para agradar empresários e mulheres

5

Religiosidade no Nordeste

Padre Cícero, que foi prefeito, amigo de Lampião e das elites do CE, morreu há 84 anos

6

Habeas corpus

Acusado de participar de desvio de R$ 5 milhões de Mata Grande ganha liberdade

1

Ex-prefeito e ex-vereador

Jacob e Júlio Brandão, de Mata Grande, seguem foragidos da Justiça há 3 meses

2

Em entrevista

“Sérgio Moro é criminoso e nada acontece com ele”, dispara pré-candidato a deputado

3

Pedro Paulo (PT)

“Estou na Câmara como independente”, diz vereador de Delmiro pré-candidato a deputado

4

Em Rádio de Delmiro

Marcelo Tadeu, pré-candidato: “Judiciário é uma ditadura, estamos num estado de exceção”

5

Senadinho

Ex-candidato a prefeito de Água Branca já começa a se mobilizar para as eleições de 2020

6

Alívio

Desaparecido há uma semana, morador de Delmiro é encontrado depois de andar mais de 250 km

1

Na BR-423

Batida entre moto e caminhonete deixa uma pessoa morta e outra ferida em Água Branca

2

Há sete dias

Homem desaparece depois de sair de casa para realizar tratamento médico em Delmiro Gouveia

3

Alívio

Desaparecido há uma semana, morador de Delmiro é encontrado depois de andar mais de 250 km

4

Em flagrante

Mulher é presa suspeita de esfaquear o marido depois de discussão em Delmiro Gouveia

5

Água Branca

IML é acionado para recolher corpo de homem que morreu depois de cair de carro de boi

6

Na UPA de Delmiro

Morre Zenaide Alencar, esposa do ex-prefeito de Olho D’água do Casado, Gualberto Pereira