Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

STF vai julgar pedido de liberdade de Lula em 4 de dezembro
O pedido foi apresentado depois que o agora ex-juiz federal Sergio Moro aceitou o convite para ser ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro
Por Notícias ao Minuto
Ex-presidente Lula está preso em Curitiba, no Paraná - Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para a próxima terça-feira (4) o julgamento de mais um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O processo estava liberado para julgamento pelo relator, ministro Edson Fachin.

Fazem parte do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia, Fachin e o presidente, Ricardo Lewandowski.

No habeas corpus, Os advogados de Lula argumentam que a indicação do juiz federal Sergio Moro para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro demonstra parcialidade do magistrado e também que ele agiu “politicamente”. Moro irá assumir o Ministério da Justiça em janeiro.

A defesa de Lula quer que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação deste no caso do triplex do Guarujá (SP).

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação no caso confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão ao ex-presidente, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Responsável pelos processos da Lava Jato na 13ª Vara Criminal de Curitiba, Sergio Moro nega qualquer irregularidade em sua conduta e diz que a decisão de participar do futuro governo ocorreu depois de medidas tomadas por ele, como o julgamento do ex-presidente Lula. Com informações da Agência Brasil.

Postada em 30/11/2018 01:51
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

Polícia vai investigar

Detento é achado morto dentro de cela no presídio de Paulo Afonso (BA)

2

Ação social

Projeto de jiu-jitsu vai beneficiar jovens de várias comunidades de Delmiro Gouveia

3

No Senado

Reforma da Previdência: trabalhador pode ter de contribuir por 49 anos, alerta Paulo Paim

4

Capturado

Adolescente suspeito de participar de estupro contra idosa é apreendido em Delmiro Gouveia

5

Saúde

Atendimento de fisioterapia é retomado na área rural de Delmiro Gouveia

6

Investigação

“Idosa disse ter sido obrigada a fazer sexo oral”, afirma delegado regional de Delmiro

1

Jota Silva

Eletrobras sacaneia delmirenses durante comemoração dos 65 anos de emancipação política

2

Delmiro Gouveia

Ricardo Mafra diz que condenação contra ele por improbidade administrativa é uma aberração

3

Cazuza

TJ/AL mantém condenação contra ex-prefeito de Delmiro por improbidade administrativa

4

Falta de segurança

MPE inspeciona transporte escolar em São José da Tapera e encontra irregularidades

5

Emerson Emídio

Memorial Delmiro Gouveia é inaugurado e discursos dos vereadores apontam racha entre edis

6

Medida por decreto

Enquete: mais de 56% rejeitam flexibilização de Bolsonaro para posse de armas de fogo

1

Nas Caraibeirinhas

Vendedor de carros é assassinado com vários disparos de arma de fogo em Delmiro Gouveia

2

Investigação

Vendedor de carros morto em Delmiro teria dito que “não poderia dar bobeira na rua”

3

No Distrito do Piau

Jovem é retirado à força de dentro de ginásio de esportes e morto a tiros em Piranhas

4

Cazuza

TJ/AL mantém condenação contra ex-prefeito de Delmiro por improbidade administrativa

5

Ação integrada

Suspeito de envolvimento na morte de jovem em frente de ginásio é preso em Piranhas

6

Delmiro Gouveia

Ricardo Mafra diz que condenação contra ele por improbidade administrativa é uma aberração