Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

TJ marca julgamento que pode cassar direitos políticos do prefeito de Monteirópolis
Julgamento da ação em segunda instância está marcado para o dia 14 de agosto; prefeito Mailson já foi condenado por juiz de primeiro grau por improbidade administrativa nesse mesmo processo
Por Jota Silva
Prefeito de Monteirópolis, Maílson de Mendonça Lima (PR) - Foto: Cortesia/Luciano Martins

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) marcou para o dia 14 deste mês o julgamento de um processo que tem como réu o prefeito de Monteirópolis, Maílson de Mendonça Lima (PR). O gestor é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de fazer parte de um esquema de emissão de notas fiscais frias para desvio de dinheiro público que deveria ser investido em obras.

Os supostos atos de improbidade administrativa ocorreram quando Maílson esteve pela primeira vez como prefeito do município, entre 2007 e 2012. O prefeito já foi condenado em primeira instância pelo juiz Bruno Acioli Araújo, da Comarca de Olho D’água das Flores, em 2014.

Na sentença, o magistrado determinou a perda dos direitos políticos de Maílson por cinco anos, a devolução do valor de R$ 119.997,28 aos cofres públicos, a proibição de contratar com o Poder Público, a perda dos cargos, empregos ou funções públicas atualmente exercidos e o pagamento de multa civil no montante de 50 (cinquenta) vezes a quantia que percebia como remuneração pelo cargo de prefeito do município de Monteirópolis, ou seja, o pagamento de uma multa igual a 50 vezes o salário que ele tinha como prefeito na época.

No mesmo julgamento, em 2014, o juiz também condenou o réu Paulo Sérgio Vieira dos Santos, que era, segundo o processo, o dono das empresas que emitiam as notas fiscais por obras que nunca foram realizadas.

No julgamento do próximo dia 14, no TJ/AL, a sentença do juiz pode ser confirmada pelos desembargadores ou revogada, inocentando o prefeito Maílson. Porém, mesmo que seja condenado pelo Tribunal no dia 14, o prefeito ainda pode recorrer ao próprio TJ/AL e também ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Somente após recorrer a todas as instâncias e após o trânsito em julgado de todo o processo é que as penalidades, caso sejam confirmadas, serão aplicadas, o que poderá resultar até na perda do mandato atual de prefeito. Nesse caso, o cargo seria assumido pelo vice-prefeito, Adeildo Inácio Medeiros (DEM).

Em contato com a reportagem do Correio Notícia, a assessoria do prefeito Maílson Mendonça informou que os advogados que estão à frente do caso orientaram para que não fosse feito nenhum pronunciamento sobre o assunto no momento.

O processo que será julgado pelo TJ/AL no dia 14 tem como número 0000234-27.2010.8.02.0025.

Postada em 04/08/2017 19:15 | Atualizada em 04/08/2017 19:46
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Política

1

Em Santana do Ipanema

MP realiza audiência pública para a criação de Conselhos Municipais de Segurança

2

Meio ambiente

Semarh incentiva gestão participativa para uso das água do Canal do Sertão

3

Passa bem

Mulher que impediu sequestro do filho em São José da Tapera tem bala alojada no corpo

4

Em flagrante

Homem é preso pela Polícia Militar depois de ser encontrado com drogas em Água Branca

5

Através de parceria

1.400 famílias são beneficiadas com doação simultânea de alimentos

6

No clima bom

Perseguição policial resulta na prisão de homem e apreensão de revólver em Olivença

1

Wellington Santos

Quem será o novo secretário de Meio Ambiente de Delmiro Gouveia?

2

Jota Silva

Esposa de Luciano Aguiar é nomeada secretária-adjunta do Turismo, Cultura e Esporte

3

Lista completa

Conheça os secretários da gestão do prefeito interino de Mata Grande, Franklin Lou

4

No escuro

Eletrobras corta fornecimento de energia da sede da Prefeitura de Delmiro Gouveia

5

Avaliação

Gestão de Padre Eraldo em Delmiro Gouveia tem 91% de desaprovação, revela pesquisa

6

Quase R$ 5 mil

Filho adotivo do prefeito de Delmiro Gouveia sai da cadeia depois de pagar fiança

1

Violência

Homem é assassinado com vários disparos de arma de fogo em Major Izidoro

2

No escuro

Eletrobras corta fornecimento de energia da sede da Prefeitura de Delmiro Gouveia

3

Ao se apresentar

Polícia Civil prende acusado de matar “Luquinhas” e esfaquear mulher em Delmiro Gouveia

4

Polícia confirma

Homem morto em Major havia assassinado cuidador de cavalos em Olho D’água do Casado

5

Lista completa

Conheça os secretários da gestão do prefeito interino de Mata Grande, Franklin Lou

6

Acidente

Homem é socorrido depois de ficar ferido em batida entre carro e moto em Delmiro Gouveia