18/11/2020 20:25:35
Eleições 2020
Atualização atrasada de cartório eleitoral causa constrangimento a candidata em Senador
Viviane (PSD) apareceu como vereadora eleita no resultado divulgado pelo TSE, fez comemoração, mas depois descobriu que tinha ficado como suplente
Divulgação/Rede socialViviane (PSD) apareceu como vereadora eleita no resultado divulgado pelo TSE, fez comemoração, mas depois descobriu que tinha ficado como suplente
Jota Silva

Um atraso na atualização de informações do cartório eleitoral de São José da Tapera causou um constrangimento para uma candidata a vereadora de Senador Rui Palmeira, que foi dada como eleita pelo resultado das eleições divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no último domingo (15), mas depois apareceu como suplente.

Tudo começou com o indeferimento da candidatura do ex-vereador Olivan Melo (MDB). O candidato recorreu junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) para derrubar a decisão em primeira instância, enquanto isso a situação da candidatura dele ficou cadastrada no sistema do TSE como indeferida com recurso.

No dia 3 de deste mês, faltando 12 dias para o pleito, o TRE/AL deferiu o pedido de candidatura de Olivan, com isso, o sistema da Justiça Eleitoral deveria ter sido atualizado, levando em conta a decisão em segunda instância.

Como não houve a referida atualização, Olivan apareceu na listagem de candidatos como anulado sub judice, isso é, os 251 votos obtidos por ele não foram computados junto com os demais adquiridos pelo MDB, o que fez o partido ter direito a apenas sete das nove vagas disponíveis na Câmara Municipal de Vereadores.

Diante da situação, o PSD ficou com a outras duas vagas no Legislativo Municipal, elegendo Edivânio Cirilo com 333 votos e Carla Viviane com 311 votos. O resultado chegou a ser divulgado no sistema do TSE, fazendo com que os dois candidatos da legenda comemorassem a vitória junto com os eleitores.

O que os candidatos do PSD não sabiam é que, enquanto comemoravam, o resultado da eleição para vereador foi alterado depois que o cartório eleitoral atualizou no sistema a nova situação da candidatura de Olivan, que, com isso, ficou como suplente e teve a votação somada com o total do MDB, garantido ao partido a oitava vaga na Câmara Municipal.

Com a atualização, o PSD passou a ter direito a apenas uma vaga no Legislativo Municipal, isso é, apenas Edivânio Cirilo estava realmente eleito, enquanto Viviane passou para a condição de primeira suplente do partido. Já a nova vaga conquistada pelo MDB ficou com o oitavo candidato mais votado da legenda, o ex-vereador e ex-vice-prefeito Clóvis Vieira, que, até então, estava como primeiro suplente com os 352 votos que obteve.

Em uma rede social, o chefe do cartório eleitoral de São José da Tapera, César Eduardo Santos, explicou a situação que causou constrangimento à candidata Viviane. “Como servidor da Justiça Eleitoral, venho esclarecer que o candidato Olivan concorreu na situação de indeferido com recurso e teve recurso deferido pelo TRE. Com o deferimento, realizamos a atualização da situação dele e os voto que ele recebeu foram computados e alteraram o resultado final da eleição de vereador. Tecnicamente transcorreu tudo dentro da mais absoluta normalidade”, postou.

Com a mudança, a prefeita reeleita, Jeane Moura (MDB), contará com o apoio de oito vereadores no Poder Legislativo Municipal, enquanto a oposição, que teve como candidato o ex-vereador Padre (Solidariedade), contará apenas com Edivânio Cirilo.

Confira como ficou a composição da Camara de Vereadores para a próxima legislatura:

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98115-1002

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2020. Todos os direitos reservados.