29/03/2021 17:54:36
Cidades
Confirmados mais óbitos por Covid-19 em Santana do Ipanema, Inhapi e Maravilha
Alagoas ultrapassa 152 mil casos da doença e registra 3.511 óbitos ao todo, desde o início da pandemia de coronavírus
Olhar DigitarAlagoas ultrapassa 152 mil casos da doença e registra 3.511 óbitos
Antonio C Melo

Quatorze dias após a divulgação do último decreto que colocou Alagoas na Fase Vermelha, os alagoanos assistem no crescimento dos casos de Covid-19 e óbitos provocados pela doença.

Nesta segunda-feira (29), durante a divulgação de mais um Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), foram confirmados mais 386 novos casos da doença em Alagoas nas últimas 24 horas, elevando para um total de 152.210 casos confirmados até o momento, dos quais 3.398 estão em isolamento domiciliar e 8.808 em investigação laboratorial.

Os dados também mostram mais 22 mortes, sendo que 13 vítimas moravam em Maceió e nove do interior, entre elas um homem de 43 anos, de Inhapi, município que, conforme a Sesau, tem até o momento 230 casos confirmados, 6 óbitos e 9 sob investigação; também morreram outro homem de 83 anos e uma mulher de 61, que moravam em Santana do Ipanema, município com 3.443 casos confirmados, dos quais 49 óbitos e 285 sob investigação; também morreu, nas últimas 24 horas, uma mulher de 63 anos, que morava em Maravilha, cidade com 155 casos confirmados, 8 óbitos e 22 sob investigação laboratorial.

As vítimas de Maceió foram sete homens de 41, 54, 59, dois de 67, um de 74 e um de 87 anos e seis mulheres de 46, 55, 57, 65, 80 e 84 anos. Segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau, Alagoas tem 3.511 óbitos vítimas da Covid-19.

Em relação às outras vítimas do interior, foram quatro homens de 43, 50, 68 e 83 anos e cinco mulheres, sendo uma de 53, uma de 61, duas de 63 e uma de 64 anos. O homem de 43 anos morava em Inhapi, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 50 anos morava em Maragogi, era obeso e morreu no Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo; o homem de 68 anos residia em União dos Palmares, era hipertenso, diabético, tinha cardiopatia, sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu no Hospital da Mulher (MH), em Maceió; o homem de 83 anos, morava em Santana do Ipanema, era hipertenso e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 53 anos morava em União dos Palmares, era imunossuprimida e morreu no Hospital Universitário (HU) de Maceió; a mulher de 61 anos era de Santana do Ipanema, era hipertensa e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; a primeira mulher de 63 anos era de São Miguel dos Campos, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; a segunda mulher de 63 anos morava em Maravilha, era diabética, cardiopata, tinha mieloma múltiplo e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; e a mulher de 64 anos morava em São Miguel dos Campos, era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98115-1002

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2021. Todos os direitos reservados.