30/01/2021 10:21:45
Esportes
CSA empata com o Náutico e dá adeus o seu retorno a Série A
Azulão fecha o Campeonato Brasileiro com 58 pontos
Caio Falcão/CNCO resultado manteve os pernambucanos na 16ª posição, com 44 pontoS
William Tavares/Folha Pernambuco

O Náutico se despediu da Série B do Campeonato Brasileiro com um empate. Diante de um CSA que ainda sonhava com o acesso à Série A, o Timbu ficou no 1x1, nos Aflitos, na sexta-feira (29). O resultado manteve os pernambucanos na 16ª posição, com 44 pontos. Já os alagoanos terminaram com 58, ocupando a quinta colocação, com 58, sem conseguir a vaga na elite em 2021.

Enfrentar um time que está brigando pelo acesso é saber que, mesmo jogando fora, o adversário será obrigado a sair ao ataque. Foi assim que o CSA se comportou nos Aflitos. Precisando vencer para manter vivo a chance de alcançar o G4 da Série B, os alagoanos começaram apertando a marcação. Em menos de dez minutos, tiveram duas chances de marcar. Yago e Gabriel obrigaram o goleiro Anderson a fazer boas defesas.

Os sustos acordaram o Náutico. O Timbu passou a ter mais posse de bola, acionando Bryan e Erick pelas pontas. A insistência nas laterais gerou uma sequência de escanteios para os alvirrubros. Foram sete somente no primeiro tempo. Mas não foi pelo alto que o Timbu abriu o placar.

Erick tem uma jogada tradicional: o domínio pela direita, o corte para a perna esquerda e o chute com efeito. Fácil de detalhar, mas não de marcar. Os defensores do CSA descobriram isso. O camisa 33 recebeu bom lançamento de Jean Carlos, limpou dois defensores e tocou no cantinho para fazer 1x0. Resultado que, somado ao triunfo momentâneo do Juventude, no jogo contra o Guarani, deixava os alagoanos sem a vaga na Série A.

O CSA voltou com três mudanças no início do segundo tempo. Renovação de fôlego para buscar a reação nos Aflitos. Uma das novidades foi o atacante Pedro Lucas. No primeiro lance em que foi acionado, o jogador driblou o goleiro Anderson e igualou o placar.

O empate fez o CSA se lançar ainda mais ao ataque. Norberto e Rafinha formaram uma dupla incômoda à defesa do Náutico. Por outro lado, o Timbu teve ainda mais campo para contra-atacar. Aos 26, Jean ficou frente a frente com Matheus, mas na tentativa de driblar o goleiro, o camisa 10 desperdiçou ótima chance de marcar.

A energia do Azulão foi diminuindo com o passar do tempo. Nem mesmo os cinco minutos de acréscimos ajudaram os visitantes. O empate em 1x1 se manteve. Para o Náutico, ao menos a despedida não mexeu na invencibilidade do clube em casa sob o comando do técnico Hélio dos Anjos. Agora, os pernambucanos vão iniciar um período de férias até o dia 11 de fevereiro, quando o elenco se reapresenta para projetar a temporada 2021.

Ficha técnica

Náutico 1

Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves e Kevyn; Rhaldney (Jhonnatan), Djavan (Trindade) e Jean Carlos (Juninho Carpina); Erick (Jorge Henrique), Bryan (Dadá) e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos

CSA 1

Matheus Mendes; Norberto, Cléberson, Rodolfo Filemon (Rodrigo Andrade) e Diego Renan (Rafinha); Geovane, Yago e Nadson (Marquinhos); Andrigo (Pedro Júnior), Gabriel e Paulo Sérgio (Pedro Lucas). Técnico: Mozart


Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ). Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
Gols: Erick (aos 38 do 1ºT)
Cartões amarelos: Erick, Jhonnatan, Juninho Carpina (N); Diego Renan, Gabriel, Rodrigo Andrade, Matheus (C)

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98115-1002

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2021. Todos os direitos reservados.