08/02/2019 14:53:48
Polícia
“Ele me amarrou e me estuprou”, afirma segunda criança vítima de andarilho em Delmiro
Suspeito é morador de Pocinhos, na Paraíba, e está preso à disposição da Justiça; ele nega acusações
Reprodução/Ítalo Timóteo
Juliano Rodrigues

Uma criança de nove anos de idade relatou para a polícia, na tarde desta sexta-feira (8), que também foi vítima do homem preso durante uma ação do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), na noite desta quinta-feira (7), em Delmiro Gouveia.

Conforme o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia, o menino disse que foi amarrado e estuprado por Ozenir Cando, 47. “A vítima deu um depoimento muito forte, dizendo que havia ocorrido a penetração”, relatou.

Ao tomar conhecimento por meio do programa jornalístico Tribuna Popular, da rádio Correio FM, de que o homem tinha sido preso, a família da criança foi até a 1ª-DRP, onde uma tia dela, que teve o nome preservado, relatou que o estupro provavelmente aconteceu no momento em que o suspeito e a vítima estavam catando latinhas.

“Meu sobrinho passou a andar com as pernas abertas, como se tivesse com assaduras nas coxas. Porém, o Ozenir Cando deu a desculpa de que ele estava assim porque havia catado muitas latinhas”, relatou a tia.

O homem, que é morador de Pocinhos, na Paraíba, negou a prática do crime. Ele está recluso na Delegacia Regional à disposição da Justiça.

Prisão de Ozenir

Uma ação de policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), deflagrada na noite desta quinta-feira (7), em Delmiro Gouveia, resultou na prisão do paraibano suspeito de tentar abusar sexualmente de outra criança, de seis anos de idade.

Segundo testemunhas, o menino estava brincando, quando foi chamado por Ozenir Cando, 47, para entrar na residência, onde o suspeito ofereceu dinheiro para que o menino baixasse a bermuda e tentou estuprá-lo.

Ainda de acordo com testemunhas, a criança conseguiu fugir e pediu ajuda. Uma guarnição policial foi acionada e realizou a prisão em flagrante do homem, morador de Pocinhos (PB) e que seria andarilho. Ele negou as acusações, alegando que tem 16 filhos, mas nunca praticou nenhum crime sexual contra eles.

De acordo com a polícia, no interior da casa do suspeito foi encontrado um preservativo e um lubrificante.

E-mail: correionoticia@hotmail.com
Telefone: (82) 98162-1608

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2019. Todos os direitos reservados.