05/11/2020 14:38:39
Política
Bolsonaro inaugura adutora em Piranhas e libera dinheiro para Canal do Sertão
Presidente enfrentou mau tempo para chegar a Alagoas
Reprodução/TV BrasilPresidente Bolsonaro inaugura Sistema de Abastecimento de Água em Piranhas
Antonio C Melo

Após enfrentar um mau tempo na manhã desta quinta-feira (5), que forçou o avião desviar seu trajeto do aeroporto de Paulo Afonso (BA) para o aeroporto Santa Maria, de Aracaju (SE), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a Alagoas por volta das 11 horas, onde sobrevoou parte do Canal do Sertão Geraldo Bulhões (nomenclatura complementar aprovada pela Assembleia Legislativa de Alagoas), entre os municípios de Delmiro Gouveia e Senador Rui Palmeira, de onde a aeronave da Força Aérea seguiu para um campo de futebol no Distrito do Piau, em Piranhas, onde apoiadores e políticos, entre eles a prefeita-candidata de Piranhas, Maristela Dias (Progressista), e o senador Fernando Collor (PROS), o aguardavam.

Bolsonaro, acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o presidente da Funasa, coronel Giovanne Silva, seguiu para um ginásio de esportes, as margens da AL-220, onde era aguardado por uma multidão que gritava o nome ‘mito’.

Em seu discurso, o presidente inaugurou, simbolicamente, a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de Piranhas e anunciou a liberação de R$ 14,8 milhões para a continuidade da obra do Trecho 4 do Canal do Sertão, inaugurado em 2013.

O presidente também anunciou a liberação de outros R$ 12 milhões oriundos da Funasa para o Sistema de Abastecimento de Água que deve atender cerca de 10 mil pessoas da área rural do Piau, por meio de captação de água no Trecho III do Canal.

Olhando para o senador Collor, sentado próximo do presidente, Bolsonaro lhe fez elogios. "Collor é um homem que luta pelo interesse do Brasil, e, em especial, ao seu estado”. Em resposta, o ex-presidente agradeceu a Bolsonaro pelo esforço que tem feito para diminuir as desigualdades regionais no Brasil.

“O governo do presidente Bolsonaro tem se pautado por essa consciência de diminuir as desigualdades regionais entre Nordeste, Norte, Sul e Sudeste do país. Para isso, precisamos de obras estruturantes que abram horizontes para o povo brasileiro, de novas expectativas e de novas esperanças. Sonhar nada mais é do que querer concretizar as nossas esperanças, e as nossas esperanças estão nas suas mãos, presidente Bolsonaro”, disse o senador.

Presidente da República entre 1990 e 1992, afastado do cargo após um processo de impeachment por corrupção, Collor parabenizou Bolsonaro por ser o segundo mandatário do país a pisar na cidade depois dele.

“É importante que nós possamos entender o simbolismo dessa visita do presidente Bolsonaro, um presidente eleito pelo voto popular e que vem demonstrando o seu carinho e o seu amor, agora, pelo Nordeste. Vem demonstrando que o Nordeste é a sua prioridade, que Alagoas é uma prioridade para o governo Bolsonaro”, destacou.

Jair Bolsonaro comentou a principal ausência no evento, a do deputado federal Arthur Lira (Progressista), que cumpre recomendação médica para o isolamento social, visto que testou positivo para Covid-19.

"Falta uma pessoa também da nossa articulação política na Câmara dos Deputados, que é um alagoano, é o prezado deputado Arthur Lira. Mais do que fazer articulação, é uma pessoa sempre pronta, sempre alerta a trabalhar pelo seu estado. Tenho certeza que na próxima vez, sem a Covid, ele estará presente entre nós", falou o presidente.

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98115-1002

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2021. Todos os direitos reservados.