12/02/2020 21:37:53
Jairo Ribeiro | Jairo Ribeiro
Sem transporte, crianças no Sertão abandonam a escola

E a despreocupação exacerbada da maioria dos prefeitos em conluio com o Governo do Estado tem resultado no caos que tomou conta da educação pública em Alagoas.

Na maioria dos municípios, crianças têm deixado de ir às escolas porque a ‘parceria’ entre Estado e prefeituras não funciona e o transporte escolar – assegurado por Lei – desapareceu.

No Sertão, se avoluma a quantidade de escolas da rede estadual, que tem como secretário o vice-governador Luciano Barbosa (MDB), que diminuíram o número de alunos matriculados.

Alegando que não têm dinheiro, muitos prefeitos – em sua maioria candidatos à reeleição – não pagam os motoristas terceirizados incumbidos de levarem e trazerem as crianças dos sítios e Povoados para a distantes escolas e vice-versa. São quilômetros de distância que algumas abnegadas e pobres crianças ainda teimam – sob um sol escaldante – sair de casa ainda de madrugada para ir a uma escola sem ar-condicionado e muitas das vezes sem merenda, para aprender com professores desprezados pelo Estado. Uma via crucis enfrentada apenas por quem quer crescer.

O mais surpreendente é a falta de ação do Ministério Público e do Judiciário para acabar com tamanho descaso. Embora algumas ações penalizem o Estado e algumas prefeituras, o caos se mantém e os alunos continuam sem ir às escolas.

Pão de Açúcar, São José da Tapera, Piranhas – todas no Sertão – são alguns dos exemplos negativos de desgovernos na área da educação.

E até quando nossas crianças vão ficar sem ir à escola? Eis a pergunta que não se cala e que ninguém responde.

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98162-1608

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2020. Todos os direitos reservados.