04/11/2020 12:15:36
Senadinho | Senadinho
Dados em portal da transparência levantam suspeita de servidores “fantasmas” em Inhapi
Prefeitura alega que tais informações foram divulgadas devido problema técnico no site e assegura que não há irregularidades
Reprodução

A população de Inhapi ficou surpresa com informações divulgadas no portal da transparência da Prefeitura Municipal, na semana passada.

De tudo foi encontrado desde funcionário que vinha recebendo salário dobrado, outros com gratificações de quase 100% do valor do salário, alguns que sequer trabalham, mas que recebem altas remunerações, chegando inclusive ao absurdo de pessoas que nunca foram aprovadas em concurso público, no entanto, constavam como efetivas do Município.

O que intrigou quem acessou o portal é que todas as pessoas têm uma situação em comum: são aliadas políticas do atual prefeito e apoiam o candidato a prefeito dele, Wellington Morcego (PT).

Quando o caso ser tornou público, imediatamente a Prefeitura de Inhapi tirou o Portal da Transparência do ar, e, após modificar todas as informações que tinham se tornando públicas, retornou com os dados de outrora modificados e nenhuma explicação a respeito.

Porém, a população já havia printado e divulgado as informações anteriores nas redes sociais. São tantos casos que configuraria uma malversação do dinheiro público, que fica realmente difícil acreditar que a situação tenha acontecido sem a anuência do gestor do Município.

Vejamos o caso de uma mulher cabo eleitoral de um candidato a vereador. Ela não ficou dentro do número de vagas do concurso público, mas, mesmo assim, apareceu como “efetiva” no Portal da Transparência. Como ela, outros vários apareceram na mesma situação.

Há também casos de pessoas que estavam recebendo salários em dobro, conforme divulgado pelo Portal da Transparência do Município.

Também foram divulgados casos de pessoas que chegam até a acumular mais de um cargo na Prefeitura, mas que não apareciam para trabalhar em nenhum dos dois. É o caso de um homem que ganha salário como enfermeiro e também como digitador. Aliás, esse caso é interessante, pois ele ganha como digitador o mesmo valor que ganha como enfermeiro. Ora, como é possível que um enfermeiro com curso superior ganhe o mesmo valor que um digitador com nível técnico?

Mas, o que chama mais a atenção nesse caso não é apenas o fato dele acumular tais cargos, mas o fato de ganhar sem trabalhar, pois o mesmo não trabalha nem como enfermeiro nem muito menos como digitador na prefeitura. O referido é proprietário de uma farmácia na cidade, onde passa o dia atendendo seus clientes.

Espera-se agora saber qual será a atitude tomada pelos órgãos de fiscalização, após a divulgação dos casos, que, além de muito graves, também dilapidam o erário público.

Por outro lado, a gestão municipal explica que tudo não passa de um erro técnico do site, que vem sendo utilizado de maneira politiqueira pela oposição. O prefeito Zé Cícero assegurou que não tem cometido nenhuma irregularidade à frente da Prefeitura Municipal, no entanto, não esclareceu o fato de nomes de pessoas que não dão expediente aparecerem como servidores do Município.

Confira na integra a nota da Assessoria de Comunicação da Prefeitura enviada ao Correio Notícia:

Nota de Esclarecimento

O Município de Inhapi/AL vem informar que durante processo de atualização do sistema que gerencia o portal da transparência na página oficial do município, ocorreram algumas inconformidades na leitura das informações causando uma instabilidade nas tabelas do banco de dados, o que fez parecer que a informação estava duplicada, ou que um determinado campo da informação estava desconexo da sua referência original.

Assessoria de Comunicação

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 98115-1002

Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas - Mais informação pra você!. ©2022. Todos os direitos reservados.