Buscar

Bruno Mafra

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Quem é Bruno Mafra? Professor, bacharel em teologia, pós-graduado em filosofia e mestre em teologia histórica.
Intercalações teológicas e filosóficas na obra Caçula de Alessandra Figueredo. Parte I
Intercalações teológicas e filosóficas na obra Caçula de Alessandra Figueredo. Parte I

“Todo filósofo criativo é um teólogo oculto”
(Paulo Tillich)  

1- ENTERRADOS VIVOS  

Trecho da obra- “- Caçula, acorda!”
Trecho da obra - “- Tragam as cabras e nada de brincadeiras!”
Todas as vezes que escuto ou leio histórias de vida é inevitável que a Teologia e a Filosofia como formas de reflexão se apoderem da minha forma de ver o mundo. E ao ler a obra Caçula da professora Alessandra Figueredo não foi diferente porque sem teologar ou filosofar caminhar com o Caçula e suas histórias para mim não teria o mesmo prazer que somente consigo ter quando ao ler a obra a existencializo na minha própria condição humana. E Caçula me dá essa possibilidade.

Trecho da obra - [..]Lembro-me que, na maioria das veze, o céu ainda estava cheio de estrelas. Adentrávamos a caatinga escura como dois sonâmbulos[...].  

Caçula é acordado meio anoite por seu pai para o duro trabalho e mesmo assim acredita no “céu” e é lá que ficam as estrelas. A disciplina rígida impede as brincadeiras e a caminhada sonâmbula por ente a caatinga me rementem as incertezas da vida humana. Essa narrativa da vida do Caçula me faz lembrar o livro de Sproul “Somos todos teólogos”. Caçula se revela aqui um garoto que tem no “céu” a força para suportar a sonolência e a caatinga para cumprir as ordens de seu pai. 

Trecho da obra - “E era àquela hora que, à beira do riacho, cada um de nós preparava a cama mais confortável do mundo: cavávamos um buraco grande, entrávamos e, vagarosamente, cobríamos o corpo - o máximo que podíamos - com aquela areia quentinha e fofa, para nos proteger dos mosquitos.”  

Essa atitude do Caçula de enrolar-se na terra e fazê-la seu cobertor demonstrando uma relação de confiança com ela me levou imediatamente a Leonardo Boff na obra saber cuidar. Quando escreveu: “A Noite pôs um ovo fecundado. Dele nasceu Eros, o amor. Das duas metades da casca, nasceram o Céu (Urano) e a Terra (Géia). Por força de Eros, o Céu e a Terra se apaixonaram, se uniram e geraram as diversas coisas existentes no mundo.” (Boff, P, 23)  

2- A MORTE DAS GALINHAS  

Trecho da obra - “Caçula, viajo amanhã logo cedo. Não se esqueça de ir buscar as cabras, apanhar os ovos e tirar o choco das galinhas.”

Quem escreve para outros está sujeito a diversas interpretações daquilo que publicou. A minha leitura é apenas uma no universo hermenêutico que Caçula pode proporcionar. Diante dos meus olhos esse texto corre perigo de enveredar por ambientes “iluminados e sombrios” da existência humana. Lembro aqui de Nietsche quando a obra Ecce Homo escreveu: “O modo como compreendo o filósofo, matéria explosiva temível, perante a qual tudo está em perigo” (Nietsche, Pg. 61). Por isso eu não peço desculpas por ler seu livro com meus os meus olhos professora. Primeiro não dá para evitar e segundo porque agora o Caçula não é somente seu, pois, quando você o tornou público em sua obra o fez levar o Distrito Lagoinha e suas experiências de vida para outras terras com outras pessoas com experiências de vida parecidas ou não.  

Trecho da obra - “Com bastante cuidado, pego uma das galinhas pelo pescoço e, calmamente, coloco a cabeça da pobrezinha na água. Esta, freneticamente, começa a se debater. O mesmo aconteceu à segunda, à terceira, à quarta... Final trágico para aquele que poderia ter sido um deschocamento de galinhas bem-sucedido: cinco galinhas mortas, escondidas atrás da cerca, e uma bela de uma surra; não apenas pela tentativa frustrada no cumprimento da tarefa, mas também pela falta de interpretação.”

Quando li sobre esse “deschocamento” praticado pelo Caçula e assessorado por seu primo Biru um episódio tão engraçado, mas que terá como resultado uma surra por falta de interpretação inevitavelmente já pensei na “surra” como parte integrante da formação do Caçula e também dos meninos de sua época e do seu necessário comprometimento com aquilo que precisava ser feito: “Deschocamento de galinhas.” Caçula vive a resistência como a qualidade que torna a liberdade possível. Aí lembrei de Sartre em “O ser o nada” quando ele escreveu: “Só pode existir um para-si se estiver engajado num mundo que resiste. Fora desse compromisso as noções de liberdade, determinismo, necessidade perdem todo significado.” (Sartre, pg. 49)

3- A BICICLETA DE DEDÉ

Trecho da obra – “A meninada, que até então fazia a maior algazarra, emudeceu. Parecíamos hipnotizados, quando ouvimos papai dizer: - Aqui está sua bicicleta, filho.”

A meninada hipnotizada por um paradigma da ciência que facilita a locomoção. Essa hipnose que a ciência causa nas pessoas não foi diferente no Distrito Lagoinha agora com uma bicicleta do Dede, uma invenção que requer estudos de física. Todos ficaram maravilhados com um objeto fruto do esforço intelectual de homens que começaram com o que em 1817 foi chamada de máquina de andar. Então me veio a lembrança do livro físico e filósofo da ciência Thomas Kun quando em sua obra “A estrutura das revoluções científicas” de quando ele escreveu: “Somente quando articularmos estreitamente a experiência e a teoria experimental, pode surgir a descoberta e teoria verte-se em paradigma.”

Continua...

Postada em 14/12/2018 20:02
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Bruno Mafra

1

Neste sábado

Primeira partida do Campeonato Alagoano 2019 será entre Jacyobá e CEO, ambos do Sertão

2

Jairo Ribeiro

Piranhas vai sediar maior evento de voluntários espiritas do país

3

Decisão

Defensoria recomenda que Prefeitura de Olho D'água forneça fardamento gratuito a alunos

4

Criminalidade

Com queixa de roubo, carro com placa de Maceió é encontrado sem as rodas e pneus em Canapi

5

Assista o vídeo

Homem escala estrutura de som para ver "de camarote" Festa de Reis em Pão de Açúcar

6

Frutos do trabalho

Ações da SMTT reduzem números de acidentes e furtos em Delmiro Gouveia

1

Emerson Emídio

Após confusão em bar de Delmiro, levanta-se uma questão – qual a função da SMTT?

2

Causa desconhecida

Acusado de tentar vingar morte de amigo em Piranhas é encontrado morto em presídio

3

Exclusivo

Jovem de Inhapi morto em Mata Grande ostentava armas de fogo e droga em telefone

4

Resultados

PiranhasPrev é o terceiro mais bem avaliado do Estado de Alagoas

5

Bruno Mafra

A “insurreição” no caso da morte da jovem Jéssica Lima em Delmiro Gouveia

6

Investigação

Celular ajuda polícia a descobrir novos crimes de jovem de Inhapi morto em Mata Grande

1

Violência

Advogado fica ferido e outra pessoa morre em atentado à bala na cidade de Mata Grande

2

Exclusivo

Jovem de Inhapi morto em Mata Grande ostentava armas de fogo e droga em telefone

3

Exclusivo

Morto em atentado em Mata Grande é identificado e era suspeito de praticar vários crimes

4

Violência

Homem morre e outro fica ferido durante atentado à bala próximo de cemitério em Inhapi

5

Investigação

Celular ajuda polícia a descobrir novos crimes de jovem de Inhapi morto em Mata Grande

6

Violência

Família vive momentos de terror durante assalto a residência em Delmiro Gouveia