Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Congresso avalia adiar eleições municipais sem prorrogar mandatos, diz Maia
Presidente da Câmara afirmou que maioria dos líderes defende mudança da data, mas desde que mandatos atuais não invadam janeiro de 2021
Por G1
Rodrigo Maia: ‘Parlamento vai iniciar discussão sobre a data da eleição’ - Foto: Reprodução/Globonews

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira (19) que o Congresso Nacional discutirá o adiamento das eleições municipais deste ano – sem prorrogar o mandato dos atuais prefeitos. O adiamento seria uma prevenção por conta da pandemia do novo coronavírus.

Segundo o presidente da Câmara, a maioria dos líderes da Casa defende o adiamento, desde que os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores não sejam sejam prorrogados. O primeiro turno das eleições está marcado para 4 de outubro e o segundo turno, se houver, para o dia 25 do mesmo mês.

Maia afirmou que o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deve criar um grupo de trabalho conjunto, formado por deputados e senadores, para decidir sobre a questão.

"O presidente Davi vai construir um grupo com a Câmara para que possamos discutir a questão da data da eleição, se nós vamos mantê-la no mesmo dia ou se a decisão do Parlamento vai ser modificá-la dentro do próprio mandato numa outra data. Então, seria o adiamento da eleição sem prorrogação de mandato", afirmou Maia.

"Isso, eu vi ontem na discussão com os líderes, que é uma posição quase de unanimidade. A maioria dos parlamentares entende que podemos ter o adiamento, mas não devemos ter a prorrogação de nenhum mandato", acrescentou o presidente da Câmara.

Segundo Maia, o grupo pretende tratar da questão também com o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso. O ministro assumirá o comando da Corte dia 25 de maio.

No começo do mês, Barroso declarou em entrevista à GloboNews que um ponto central para o adiamento das eleições seria a testagem das urnas eletrônicas, prevista para junho. Se os procedimentos fossem prejudicados pela pandemia, segundo o ministro, um adiamento teria que entrar em pauta.

"Nós trabalhamos com o prazo de junho. Se até junho, não conseguirmos fazer os testes, aí eu vou informar ao Congresso Nacional, procurar o presidente da Câmara e do Senado e expor a eles as circunstâncias da Justiça Eleitoral", disse.

Barroso também defende que as eleições sejam mantidas em 2020, para evitar o risco de prorrogação dos mandatos atuais. Ainda de acordo com o ministro, a ocorrência do primeiro turno no primeiro fim de semana de outubro está definida na Constituição e, por isso, a mudança deve partir do Congresso.

Postada em 20/05/2020 01:19
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

Série B

De virada, Juventude bate o CRB na estreia do Galo na Série B

2

FUTEBOL INTERNACIONAL

Alagoano Pedrinho se diz ansioso para trabalhar com Jorge Jesus: "Dará muito certo"

3

FUTEBOL NACIONAL

Série B: nove jogadores do CSA testam positivo para covid-19 na véspera da estreia

4

Acumulou

Mega-Sena acumula e vai a R$ 11 milhões no próximo sorteio; veja números

5

Novo Coronavírus

Presidentes do Supremo e do Congresso decretam luto pelos 100 mil mortos

6

Racismo

Entregadores protestam em condomínio após ato de racismo em Valinhos (SP)

1

No diário

Prefeitura de Delmiro Gouveia firma contrato de mais de R$ 1 milhão para compra de livros

2

Senadinho

Movimentações para composição de chapa com Ziane Costa agitam bastidores da política

3

Oportunidade

Concurso público de Delmiro Gouveia tem inscrições prorrogadas e data definida para provas

4

Fraude e prejuízo

São José da Tapera: 162 servidores públicos receberam irregularmente o auxílio emergencial

5

Documentação falsa

MPE denuncia advogado e serventuário por crimes contra a fé pública em São José da Tapera

6

Sem inelegibilidade

Advogado do prefeito de Mata Grande diz que ele não está impedido de disputar reeleição

1

Violência

Polícia prende suspeito de estuprar, matar e colocar criança em saco de lixo em Maravilha

2

Crime em Maravilha

Suspeito de estuprar e matar menina diz que estava drogado e não se lembra do que ocorreu

3

Apreensão sertão

Motocicletas são apreendidas nos municípios de Inhapi, Mata Grande, Canapi e Água Branca

4

Depoimento

Suspeito de matar criança em Maravilha confirma que dava dinheiro para ela comprar doces

5

Oportunidade

Concurso público de Delmiro Gouveia tem inscrições prorrogadas e data definida para provas

6

Após denúncia

Operação conjunta das polícias Civil e Militar resulta na prisão de 6 pessoas em Piranhas