Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Operação conjunta das polícias Civil e Militar prende oito pessoas em Delmiro Gouveia
Entre presos estão suspeitos de associação ao tráfico de drogas e acusados de homicídios em Alagoas e na Bahia
Por Jota Silva
Entre presos estão suspeitos de associação ao tráfico de drogas e acusados de homicídios em Alagoas e na Bahia - Foto: Correio Notícia

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Alagoas, com apoio da Polícia Civil da Bahia, deflagrada na noite desta sexta-feira (15), no município de Delmiro Gouveia, resultou na prisão de oito pessoas acusadas de vários crimes.

A ação começou no início da noite, na Rua Tavares Bastos, no bairro Campo Grande, onde foram presos Vitor Ramos Januário, conhecido como “Vitinho”, 23, e Jamerson Nascimento dos Santos, 26. Os dois estavam na companhia de duas mulheres, mas elas foram liberadas pelos policiais porque não tinham cometido nenhum crime.

“Vitinho” tinha em aberto contra ele dois mandados de prisão preventiva por dois homicídios ocorridos em Paulo Afonso, na Bahia. Conforme a polícia, ele é comparsa de Alcimar Ferreira de Araújo, conhecido como “Guga”, 25, preso no dia 1 de setembro deste ano, em Delmiro Gouveia. Os dois aparecem em imagens de câmeras de segurança assaltando uma casa lotérica, no dia 17 de agosto deste ano, na cidade de Sertânia, em Pernambuco.

Já Jamerson tinha em aberto um mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca de Coruripe, onde é acusado de assassinar a esposa, Marcela dos Santos Martiniano, morta a facadas, no dia 28 de outubro de 2018. Ele estava escondido em uma casa na mesma rua na qual foi preso, onde, mesmo na condição de foragido da Justiça, segundo a polícia, vinha praticando outros crimes na região.

Os trabalhos para prender os dois contaram com a participação do delegado de Paulo Afonso, Eduardo Henrique, que, ao final da operação, recambiou “Vitinho” para a cidade baiana, onde está recluso à disposição da Justiça.

Dando continuidade à operação, as polícias prenderam na Rua Dom Pedro II, no centro da cidade, Júlio Eduardo Rocha Lima, 21, Givaldo Oliveira da Silva, 34, Alisson da Silva, 23, e o irmão Aluir da Silva, 28. A prisão deles foi realizada em flagrante por associação ao tráfico de drogas, após os policiais encontrarem na casa em que estavam 400 gramas de maconha, quatro aparelhos de telefone celular e cerca de R$ 200,00 em dinheiro.

Segundo a investigação policial, Aluir tem envolvimento com o tráfico de drogas e é ameaçado de morte pelo presidiário Carlos Eduardo Gomes da Silva, conhecido como “Eduardo Cobra”, apontado como líder da facção criminosa Comando Vermelho, que está preso pelo assassinato de Felype Silva, ocorrido no dia 23 de março deste ano.

Finalizando a operação, os policiais abordaram um grupo de suspeitos no bairro Bom Sossego. Leandro Batista de Lima e Fábio Júnior dos Santos, 24, estariam embriagados e teriam reagido contra a abordagem policial, sendo necessários disparos de balas de borracha para conter os ânimos.

Contra os dois estão em aberto mandados de prisão pela prática de outros crimes na região. Eles foram autuados por desacato e resistência à prisão na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada na cidade, para onde os demais presos também foram levados e ficaram reclusos à disposição da Justiça.

A ação foi coordenada pelo delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, juntamente com o delegado de Paulo Afonso, Eduado Henrique, e o sargento Da Silva, do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Participaram da operação policiais civis da 1ª-DRP e militares do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), da Força Tarefa (FT) e Rádio Patrulha (RP).

Os trabalhos foram acompanhados pelo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, gerente de Polícia Judiciária da Área 1, Cícero Lima, chefe do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPAI-1), tenente-coronel Silvestre Soares Silva; comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, e o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior.

Mais Fotos
Postada em 16/11/2019 10:57 | Atualizada em 27/12/2019 10:47 | Fotos: Correio Notícia
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Polícia

1

Reviravolta

Médico delmirense foi encontrado morto em quarto de motel, afirma imprensa potiguar

2

Tragédia

Médico de Delmiro Gouveia morre em acidente de carro em rodovia do Rio Grande do Norte

3

Propagação pelo Sertão

Delmiro Gouveia chega a 371 casos confirmados de Covid-19; Santana do Ipanema tem 590

4

Hospital Albert Einstein

Médica afastada após frase sobre nazismo pede desculpas por 'expressões errôneas'

5

Sem explicação

‘Imagem de Jesus’ que aparece em tronco de árvore após poda intriga operários em MS

6

Pandemia mundial

Alagoas tem 45.330 casos da Covid-19 e 1.281 óbitos

1

Senadinho

“Faremos a mudança juntos”, diz Edmilson Coral a apoiadores

2

Política

Mamá coloca nome à disposição do povo como pré-candidato a vereador de Delmiro Gouveia

3

Confirmação anunciada

Padre Eraldo quer ser prefeito de Delmiro por mais 4 anos e confirma pré-candidatura

4

Senadinho

Edmilson Coral cai na graça do povo para mudança na Câmara de Vereadores de Delmiro

5

Pré-candidato

Digital influencer Jairzinho Chamega lança pré-candidatura a vereador por Delmiro Gouveia

6

Luto na PM/AL

Morre aos 58 anos de idade o subtenente Jalves

1

Acidente

Acidente com carro de vereador de Água Branca resulta na morte de uma pessoa

2

Novo coronavírus

Vítima de Covid-19, morre aos 78 anos o prefeito de Santana do Ipanema

3

Insegurança

Vítima é mantida refém durante roubo de caminhonete em São José da Tapera

4

Política

Mamá coloca nome à disposição do povo como pré-candidato a vereador de Delmiro Gouveia

5

Luto

“Infelizmente perdi um amigo”, diz vereador por Água Branca após grave acidente com carro

6

Insegurança

Criminosos invadem residência de agricultor para roubar e atiram nele em Delmiro Gouveia