Buscar

Editorias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Reforma trabalhista para dar mais emprego
Por Júlio César Cardoso*
Foto: Economia Uol

O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre o projeto da reforma trabalhista (PL 38/2017) foi rejeitado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), em 30/06, por 10 votos contrários ao relatório e 9 a favor.

A comemoração descabida de grupos de senadores contrários à reforma trabalhista soa estranha diante de um Parlamento, que deveria primar pela execução de projetos de avanços trabalhistas e sociais.

O Brasil tem que caminhar para frente em todos os segmentos da vida nacional. Não podemos ficar desconectados dos avanços de países desenvolvidos.

A vibração de parlamentares contrariando a reforma trabalhista, apresentada pelo governo, expõe o lado do antagonismo político da oposição, bem como revela a face retrógada daqueles que ainda desejam continuar vivenciando a época de Getúlio Vargas. Há de haver, para a boa relação trabalhista, flexibilização no acordo entre empregado e empregador, visando ao interesse mútuo.

Não se pode mais olhar o empregador com a mesma ótica do período getuliano. Há muitos empregadores (pobres), levando com dificuldade os seus negócios, mas dando emprego a muita gente. É preciso que se modernizem as relações trabalhistas, para que exista mais emprego e legal, pois grande parte do trabalho informal é devido à rigidez da ultrapassada CLT e da inflexibilidade jurássica dos sindicatos trabalhistas.

Independentemente de posição político-partidária-governamental, já passa da hora de se atualizarem as relações entre patrões e empregados. O Brasil tem que se modernizar no campo trabalhista, sem olhar para as birras político-partidárias.

Observe o que relatou, em entrevista, o chef francês Erick Jacquin, ao responder acerca da falência de seu restaurante, em São Paulo.

- O ambiente de negócios no Brasil pesou em sua falência? Não fui o primeiro empreendedor a quebrar neste país, e, infelizmente, ainda vai haver muitas outras vítimas. Se os políticos, que tanto nos envergonham, não fizerem uma reforma trabalhista pensando nos pequenos empreendedores, em pessoas que têm talento mas pouco capital, o país não vai longe.

- Não é um subterfúgio relacionar seus problemas às questões políticas? A legislação trabalhista do Brasil é a maior vergonha do mundo. Cada funcionário é um processo trabalhista em potencial. Há juiz que dá ganho de causa a cinco, seis funcionários de uma vez, e ninguém vai verificar se há razões justas. Enfrentei o caso de um empregado que, com apenas um ano de casa, ganhou indenização de 300.000 reais. Nunca vi isso em nenhum país.

- A cozinha é um ambiente propício a esse tipo de problema? No calor de nossa profissão, é muito fácil de acontecer. Há sempre um advogado estimulando os funcionários a se unir contra o dono do restaurante. É normal? Não! Isso é um horror. Há muita gente querendo empregar e muita gente buscando emprego, mas ninguém quer se arriscar. Nunca mais vou assinar uma carteira de trabalho.

*Bacharel em Direito e servidor federal aposentado - Balneário Camboriú-SC

Postada em 28/09/2017 10:49
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Artigos

1

Investigação

Polícia apreende moto que pode ter sido utilizada em assaltos ocorridos em Delmiro Gouveia

2

Concorre ao Senado

Ibope aponta que Quintella, ex-ministro de Temer, fica sem mandato e sem foro em 2019

3

Em glória

Homem natural de Santana do Ipanema é preso suspeito de tentar estuprar menor na Bahia

4

Entrevista Exclusiva

“Delmiro está na UTI, mas nosso povo não precisa sofrer”, diz ex-prefeito Lula Cabeleira

5

Na AL-220

Dois adolescentes morrem em acidente com moto entre Monteirópolis e Jacaré dos Homens

6

Em seis meses

Exército deve pagar R$ 14 milhões para carros-pipa abastecerem zona rural de 38 municípios

1

Disputa reeleição

“Quando Lula está na prefeitura, a cidade cresce”, diz Olavo Calheiros em Delmiro

2

Em Maceió

Ministério Público confirma que Júlio Brandão entregou-se e está no sistema prisional

3

Juliano Rodrigues

Thiago Alagoano é regularizado e já pode estrear pelo novo clube, o Inter de Lages

4

Artigo

“Bolsonaro não representa a segurança pública. Violência não se combate com violência”

5

Na TV Globo

Haddad foi interrompido 62 vezes em entrevista ao Jornal Nacional, diz PT

6

Entrevista Exclusiva

“Delmiro está na UTI, mas nosso povo não precisa sofrer”, diz ex-prefeito Lula Cabeleira

1

Na AL-220

Dois adolescentes morrem em acidente com moto entre Monteirópolis e Jacaré dos Homens

2

Afogado

Adolescente morre após se desequilibrar e cair dentro do Canal do Sertão em Delmiro

3

Suspeito fugiu

Desentendimento entre homens termina com um deles baleado em Delmiro Gouveia

4

Na "fazendinha"

Homem é hospitalizado depois de ficar ferido em troca de tiros com a polícia em Piranhas

5

Com notas falsas

Suspeitos de aplicar golpes em Pernambuco são presos no Sertão de Alagoas após perseguição

6

Entrevista Exclusiva

“Delmiro está na UTI, mas nosso povo não precisa sofrer”, diz ex-prefeito Lula Cabeleira