Buscar

Editorias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Vereador acusado de homicídio e reeleito em Palestina é considerado foragido da Justiça
Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) confirmou que mandado de prisão contra Luciano Lucena de Farias continua válido e ele pode ser preso a qualquer momento
Por Diego Barros
Vereador Luciano Lucena de Farias, de Palestina, é considerado foragido - Foto: Reprodução/Internet

O vereador Luciano Lucena de Farias (PMDB), reeleito no último dia 2 de outubro com 231 votos em Palestina, no Sertão de Alagoas, é considerado foragido da Justiça. Ele é réu por homicídio qualificado, ocorrido em 2009, no município de Pão de Açúcar.

A informação foi confirmada ao Correio Notícia pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), nesta segunda-feira (10). Segundo a assessoria do TJ/AL, o mandado de prisão expedido pelo juiz John Silas, da 8ª Vara Criminal de Maceió, no dia 23 de setembro, voltou a valer no dia 5 de outubro, quando encerrou o prazo do salvo-conduto obtido pelo réu no dia 25 de setembro.

O salvo-conduto concedido pelo desembargador João Luiz Azevedo Lessa impedia que o vereador fosse preso até o dia 4 de outubro, devido ao período eleitoral.

Entenda o caso

O vereador é acusado de assassinar com vários disparos de arma de fogo um homem identificado como Manoel Messias Simões, no dia 21 de junho de 2009.

A vítima estava em um bar, localizado no povoado Lagoa de Pedra, em Pão de Açúcar, por volta das 20h, quando foi atingida pelos tiros que, segundo o Ministério Público Estadual (MPE/AL), foram efetuados por Luciano Lucena, que disse em depoimento que Manoel Messias deu sinais de que iria atacá-lo.

Ainda segundo o MPE/AL, o homicídio ocorreu porque meses antes Manoel Messias chamou o edil de ladrão, durante um jogo de baralho.

Postada em 10/10/2016 11:55
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Eleições 2016

1

Investigação

Pai de criança morta pela própria mãe em Maravilha está trabalhando no Rio de Janeiro

2

Crime bárbaro

Suspeita de matar e mutilar filha estava rezando no momento em que foi presa em Maravilha

3

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

4

Embriagado

Suspeito de tentar agredir a mãe e danificar a casa dela é preso em Santana do Ipanema

5

Apoio ao esporte

Jiu-Jitsu ganha força por incentivo da prefeitura de Pariconha

6

Desentendimento

Confusão termina com uma pessoa presa e outra esfaqueada em São José da Tapera

1

Wellington Amâncio

Contos delmirenses — Um passarinho com mal olhado

2

Imunização no Sertão

Duas mil vacinas foram encaminhadas para o Sertão de Alagoas; veja quantidade por cidade

3

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

4

Recomenda não nomear

Confederação emite parecer jurídico sobre nomeação de aprovados em concurso público

5

Na BR-316

Batida entre quatro veículos deixa uma pessoa morta e outras oito feridas em Maravilha

6

MUDANÇAS

Nova portaria muda regras para PRF atuar em operações conjuntas

1

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

2

Trabalho de inteligência

Dois suspeitos de assassinar dependente químico em estrada de Mata Grande são presos

3

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

4

CONDENAÇÃO

Justiça condena ex-prefeito de Monteirópolis acusado de corrupção a 13 anos de prisão

5

Na BR-316

Batida entre carro e carroça de burro deixa cinco pessoas feridas em rodovia de Canapi

6

Na BR-316

Batida entre quatro veículos deixa uma pessoa morta e outras oito feridas em Maravilha