Buscar

Editorias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Vereador acusado de homicídio e reeleito em Palestina é considerado foragido da Justiça
Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) confirmou que mandado de prisão contra Luciano Lucena de Farias continua válido e ele pode ser preso a qualquer momento
Por Diego Barros
Vereador Luciano Lucena de Farias, de Palestina, é considerado foragido - Foto: Reprodução/Internet

O vereador Luciano Lucena de Farias (PMDB), reeleito no último dia 2 de outubro com 231 votos em Palestina, no Sertão de Alagoas, é considerado foragido da Justiça. Ele é réu por homicídio qualificado, ocorrido em 2009, no município de Pão de Açúcar.

A informação foi confirmada ao Correio Notícia pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), nesta segunda-feira (10). Segundo a assessoria do TJ/AL, o mandado de prisão expedido pelo juiz John Silas, da 8ª Vara Criminal de Maceió, no dia 23 de setembro, voltou a valer no dia 5 de outubro, quando encerrou o prazo do salvo-conduto obtido pelo réu no dia 25 de setembro.

O salvo-conduto concedido pelo desembargador João Luiz Azevedo Lessa impedia que o vereador fosse preso até o dia 4 de outubro, devido ao período eleitoral.

Entenda o caso

O vereador é acusado de assassinar com vários disparos de arma de fogo um homem identificado como Manoel Messias Simões, no dia 21 de junho de 2009.

A vítima estava em um bar, localizado no povoado Lagoa de Pedra, em Pão de Açúcar, por volta das 20h, quando foi atingida pelos tiros que, segundo o Ministério Público Estadual (MPE/AL), foram efetuados por Luciano Lucena, que disse em depoimento que Manoel Messias deu sinais de que iria atacá-lo.

Ainda segundo o MPE/AL, o homicídio ocorreu porque meses antes Manoel Messias chamou o edil de ladrão, durante um jogo de baralho.

Postada em 10/10/2016 11:55
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

1

Novo coronavírus

Alagoas tem 62,2 mil casos de Covid-19: 1,5 mil mortes, 7,2 mil doentes e 53,4 mil curados

2

Boletim atualizado

Delmiro Gouveia tem 567 casos de Covid-19: 83 estão doentes, 15 morreram e 469 se curaram

3

Em flagrante

Homem é preso depois de ser encontrado com arma na cintura dentro de bar em Batalha

4

Boletim atualizado

Delmiro Gouveia tem 563 casos de Covid-19: 86 estão doentes, 15 morreram e 462 se curaram

5

Jairo Ribeiro

Sonho da água está mais próximo para quilombolas de Monteirópolis

6

Fraude e prejuízo

São José da Tapera: 162 servidores públicos receberam irregularmente o auxílio emergencial

1

Senadinho

Movimentações para composição de chapa com Ziane Costa agitam bastidores da política

2

Impedido

Prefeito de Mata Grande está inelegível, segundo advogado e ex-desembargador do TRE/AL

3

Jota Silva

Hélio Brandão, um homem de palavra cuja morte foi sentida até pelos adversários políticos

4

Fraude e prejuízo

São José da Tapera: 162 servidores públicos receberam irregularmente o auxílio emergencial

5

Eleições 2020

Pesquisa indica eleição de Tenorinho Malta com larga vantagem sobre adversários em Inhapi

6

Em maceió

Ex-funcionário da Fábrica da Pedra, delmirense morre com suspeita de Covid-19

1

Impedido

Prefeito de Mata Grande está inelegível, segundo advogado e ex-desembargador do TRE/AL

2

Em maceió

Ex-funcionário da Fábrica da Pedra, delmirense morre com suspeita de Covid-19

3

Não resistiu

Mulher esfaqueada mais de dez vezes em Senador Rui Palmeira morre em hospital

4

Violência no Sertão

Homem é encontrado morto em povoado de São José da Tapera

5

Jota Silva

Hélio Brandão, um homem de palavra cuja morte foi sentida até pelos adversários políticos

6

Aglomeração de pessoas

Denúncia leva Polícia a interromper festa e recolher aparelho de som em Delmiro Gouveia