Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Foragido, Júlio Brandão também terá nome colocado em lista de procurados da Federal
Ele é acusado envolvimento no esquema que desviou cerca de R$ 12 milhões do município de Mata Grande, por meio de quatro empresas fantasmas que, supostamente, prestavam serviços de locação de veículos
Por Juliano Rodrigues
Júlio Brandão - Foto: Reprodução/Internet

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) confirmou, nesta quinta-feira (12), que o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Mata Grande, José Júlio Gomes Brandão, conhecido como “Júlio Brandão”, está foragido da Justiça.

Ele é acusado de ter envolvimento no esquema que desviou cerca de R$ 12 milhões do município, por meio de quatro empresas fantasmas que, supostamente, prestavam serviços de locação de veículos.

Júlio Brandão é irmão do ex-prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão, que, segundo o MPE/AL, era quem comandava o esquema. Os nomes dos dois serão colocados na “difusão vermelha”, que é a lista de procurados da Polícia Federal.

Ainda segundo o Ministério, o ex-vereador era um dos alvos da Operação Ànomos, deflagrada na manhã desta quarta-feira (11), nos municípios de Maceió, Paulo Jacinto, Mata Grande e Santana do Ipanema.

O esquema

As investigações comprovaram que as empresas concorriam nas licitações, venciam e, depois, supostamente, sublocavam toda a frota exigida pela prefeitura a pessoas físicas, geralmente parentes e correligionários do prefeito. Nos contratos, ficava um percentual de 40% para o pagamento de quem sublocava os veículos e os outros 60% eram divididos entre o prefeito, o dono da empresa e possíveis atravessadores.

Somente com o contrato fraudulento celebrado com a empresa Marcelo Calado dos Santos ou Albatroz, o prefeito Jacob Brandão lucrava entre R$ 40 e R$ 70 mil por mês.

Em duas contas bancárias disponibilizadas por laranjas, um deles que trabalha como barbeiro e possui renda mensal de um salário mínimo, os valores movimentados no curto período de um ano, envolvendo as quatro empresas, chegaram a R$ 11 milhões. Nesse caso, elas assumiam o fornecimento de vários serviços, todos fictícios, não somente de locação de veículos. Na sequência, quando o dinheiro era depositado, um atravessador fazia os saques, tirava a sua comissão, repassava para outra pessoa ligada diretamente ao ex-prefeito Jacob Brandão que também retinha seu percentual e, por último, entregava o restante ao gestor.

Postada em 12/04/2018 15:06 | Atualizada em 12/04/2018 15:16
9 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Polícia

1

Neste sábado

Primeira partida do Campeonato Alagoano 2019 será entre Jacyobá e CEO, ambos do Sertão

2

Jairo Ribeiro

Piranhas vai sediar maior evento de voluntários espiritas do país

3

Decisão

Defensoria recomenda que Prefeitura de Olho D'água forneça fardamento gratuito a alunos

4

Criminalidade

Com queixa de roubo, carro com placa de Maceió é encontrado sem as rodas e pneus em Canapi

5

Assista o vídeo

Homem escala estrutura de som para ver "de camarote" Festa de Reis em Pão de Açúcar

6

Frutos do trabalho

Ações da SMTT reduzem números de acidentes e furtos em Delmiro Gouveia

1

Emerson Emídio

Após confusão em bar de Delmiro, levanta-se uma questão – qual a função da SMTT?

2

Exclusivo

Jovem de Inhapi morto em Mata Grande ostentava armas de fogo e droga em telefone

3

Causa desconhecida

Acusado de tentar vingar morte de amigo em Piranhas é encontrado morto em presídio

4

Bruno Mafra

A “insurreição” no caso da morte da jovem Jéssica Lima em Delmiro Gouveia

5

Investigação

Celular ajuda polícia a descobrir novos crimes de jovem de Inhapi morto em Mata Grande

6

Resultados

PiranhasPrev é o terceiro mais bem avaliado do Estado de Alagoas

1

Violência

Advogado fica ferido e outra pessoa morre em atentado à bala na cidade de Mata Grande

2

Exclusivo

Jovem de Inhapi morto em Mata Grande ostentava armas de fogo e droga em telefone

3

Exclusivo

Morto em atentado em Mata Grande é identificado e era suspeito de praticar vários crimes

4

Violência

Homem morre e outro fica ferido durante atentado à bala próximo de cemitério em Inhapi

5

Investigação

Celular ajuda polícia a descobrir novos crimes de jovem de Inhapi morto em Mata Grande

6

Violência

Família vive momentos de terror durante assalto a residência em Delmiro Gouveia