Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Maioria discorda de Bolsonaro sobre tirar recursos da Educação para custear Renda Cidadã
Mais de 76% dos participantes de uma enquete do Correio Notícia mostraram-se contrários à intenção do presidente, que chegou a ser anunciada
Por Diego Barros
Foto: Reprodução/Internet

A intenção do presidente Jair Bolsonaro de retirar recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para financiar o programa Renda Cidadã, possível substituto do Bolsa Família, foi rejeitada por mais de 76% dos internautas que participaram de uma enquete do Correio Notícia.

A medida não foi confirmada pelo governo, mas chegou a ser comunicada como uma intenção. Porém, diante das críticas, Bolsonaro recuou. A ideia era reduzir os repasses ao Fundeb e usar também dinheiro dos precatórios para custear o novo programa social de transferência de renda, que teria uma abrangência maior que o atual Bolsa Família.

Na enquete do Correio Notícia, os internautas eram convidados a responder à seguinte pergunta: “Você concorda com a decisão de Bolsonaro de retirar dinheiro da Educação/Fundeb para custear o programa Renda Brasil (Renda Cidadã)?” As respostas oferecidas eram “Sim” e “Não”.

Ao todo, 76,98% dos participantes escolheram a resposta “Não”, rejeitando, assim, a intenção do presidente. Já 23,02% escolheram a resposta “Sim”, concordando, portanto, com a ideia de Bolsonaro.

Vale lembrar que a enquete do Correio Notícia não se trata de pesquisa e, portanto, não precisa de registro nos Tribunais Superiores ou nos órgãos de controle. Ela é um mero levantamento de opiniões, sem controle de amostra, a qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo, apenas, da participação espontânea do interessado.

Postada em 20/10/2020 23:57
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Política

1

DINHEIRO

Mega-Semana de Verão pode pagar R$ 2 milhões no concurso desta terça-feira

2

PEDIDO

Bolsonaro deve exigir que empresas não demitam empregados que recusem vacinação

3

SEM DINHEIRO

Guedes defende travar outros gastos caso auxílio emergencial seja renovado

4

Ação da inteligência

Polícia prende homem após encontrar plantação de maconha em quintal de casa em Delmiro

5

Contra o presidente

Em 1ª coletiva do ano, Paulo Guedes contraria Bolsonaro: “vacinação em massa é decisiva"

6

Governo Bolsonaro

Alvo de inquérito por homofobia, ministro afirma que defende o que diz a Bíblia

1

Wellington Amâncio

Contos delmirenses — Um passarinho com mal olhado

2

Caso em maravilha

Suspeita de matar e mutilar filha se recusa a prestar depoimento em Delmiro Gouveia

3

Imunização no Sertão

Duas mil vacinas foram encaminhadas para o Sertão de Alagoas; veja quantidade por cidade

4

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

5

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

6

Recomenda não nomear

Confederação emite parecer jurídico sobre nomeação de aprovados em concurso público

1

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

2

Caso em maravilha

Suspeita de matar e mutilar filha se recusa a prestar depoimento em Delmiro Gouveia

3

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

4

Crime bárbaro

Suspeita de matar e mutilar filha estava rezando no momento em que foi presa em Maravilha

5

Investigação

Pai de criança morta pela própria mãe em Maravilha está trabalhando no Rio de Janeiro

6

Caso Brenda

Ministério Público pede internação da mulher acusada de matar filha de 5 anos em Maravilha