Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

MPC denuncia prefeitos e ex-prefeitos de 7 municípios do Sertão por dívidas com Eletrobras
Além do ressarcimento ao erário, gestores e ex-gestores podem pagar multa de até mil UPFAL’s cada
Por Ascom MPC
Do total de 15 prefeituras que possuem débitos com a Eletrobras, 7 são do Sertão de Alagoas - Foto: Reprodução/Internet

O Ministério Público de Contas de Alagoas (MPC/AL) protocolou diversas representações junto ao Tribunal de Contas do Estado, em face de 15 gestores e ex-gestores alagoanos que estão em débito com a Eletrobras Distribuição Alagoas. A inadimplência chega a quase R$ 3 milhões de reais referentes ao serviço de energia elétrica.

Esse valor pode ser ainda maior devido a atualização da dívida, uma vez que os últimos cálculos foram feitos em outubro de 2015. Somente os municípios de Limoeiro de Anadia e Olho D’Água do Casado totalizam R$2.292.701,13, o que correspondem a 78,98% do total dos débitos reclamados. Segundo o procurador de Contas Pedro Barbosa Neto, titular da 2ª Procuradoria de Contas, os casos trazidos ao conhecimento do MPC/AL pela concessionária, indicam a possível ocorrência de dano ao erário, que se confirmados, impõem aos responsáveis o dever de integral ressarcimento.

De acordo com as Correspondências Externas enviadas pela Eletrobras, os municípios de Água Branca, Batalha, Barra de Santo Antônio, Campo Alegre, Jaramataia, Limoeiro de Anadia, Major Isidoro, Mar Vermelho, Olho D’Água do Casado, Piaçabuçu, Piranhas, Santa Luzia do Norte, Santana do Ipanema, Santana do Mundaú e São Miguel dos Campos, estão com pendências junto à concessionária.

“Independentemente da mudança de governo, o débito é da municipalidade e sua regularização é condição de continuidade do fornecimento de energia elétrica nos prédios públicos. Já a responsabilidade pelo pagamento dos encargos decorrentes do inadimplemento é do gestor público que deu causa ao débito”, esclareceu o procurador.

Sendo assim, a inadimplência do ente público caracteriza, em regra, infração à lei atribuível ao gestor e, por uma perspectiva macro, falta de planejamento e de responsabilidade fiscal, representando uma gestão financeira temerária, ante o risco de desequilíbrio das contas públicas.

Além do ressarcimento ao erário, deve ser aplicada a multa, de até mil vezes o valor da UFPAL, aos gestores responsáveis pelo ato praticado com grave infração à norma legal ou regulamentar de natureza contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial.

Portanto, considerando a documentação acostada e os termos já postos, é necessário que os gestores e ex-gestores sejam intimados a se manifestarem, de modo que possam exercer seus direitos ao contraditório e à ampla defesa.

Após a realização das diligências, o processo deve retornar ao Ministério Público de Contas para manifestação final.

Veja abaixo o quadro dos débitos dos municípios com a concessionária de energia elétrica:

Postada em 04/01/2018 14:31 | Atualizada em 04/01/2018 14:32
4 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Cidades

1

André Henrique

Alerta: Acaba gasolina na cidade de Santana do Ipanema, no Sertão de Alagoas

2

Na bahia

Operação policial resulta na prisão de acusado de torturar filha de 11 anos de idade

3

Imprudência

Homem é preso em flagrante pelo crime de embriaguez depois de atropelar pedestre

4

Violência

Suspeito de praticar vários crimes é morto a tiros em Santana do Ipanema

5

Eleições 2018

Prefeita de Piranhas anuncia nomes de pré-candidatos que vai apoiar nessas eleições

6

Cultura

Lei e patrocinadores garantem incentivo para publicação de livro de escritor canapiense

1

Jota Silva

Após multar o próprio município, secretário-adjunto do Meio Ambiente é exonerado

2

Exclusivo

Após demissão de Haroldo, Luciano Aguiar deixa Secretaria de Meio Ambiente de Delmiro

3

Delmiro Gouveia

Donos de veículos locados à Prefeitura pedem ajuda para resolução de pagamentos atrasados

4

Após adiamento

Audiências que podem cassar Eraldo, o vice e dois vereadores foram remarcadas para junho

5

Há um mês

Acusados de desviarem dinheiro de Mata Grande, Jacob e Júlio Brandão continuam foragidos

6

Emerson Emídio

Sem alternativas, Prefeitura de Delmiro terá que exonerar servidores, entenda o porquê

1

Acidente

Batida entre carros deixa seis pessoas feridas no Anel Viário em Delmiro Gouveia

2

Investigação

Ex-PM de Pão de Açúcar é acusado de participar da morte do comandante da Caatinga de SE

3

Após denúncia

Jovem flagrado com moto e carneiro furtados é preso e confessa crime em Água Branca

4

Fotografias

Veja como vai ficar o Hospital Regional do Alto Sertão que será construído em Delmiro

5

Ação conjunta

Suspeitos de matar jovem e jogá-lo dentro de cacimba em Inhapi são apreendidos em Santana

6

Após 2 meses

Morre criança de 2 anos ferida em acidente que matou os pais dela em Inhapi