Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Trabalhadores da Educação iniciam nova paralisação para cobrar salários em Monteirópolis
Categoria reivindica pagamento do salário de outubro, sexto de férias e reajuste salarial retroativo a maio deste ano; prefeitura informa que está trabalhando para sanar o caso
Por Diego Barros
Professores durante reunião com representantes do Sinteal, em Monteirópolis, na manhã desta terça-feira - Foto: Cortesia para o Correio Notícia

Os trabalhadores da rede municipal de Educação de Monteirópolis iniciaram, nesta terça-feira (14), uma nova paralisação das atividades. Eles cobram o pagamento dos salários de outubro, do sexto de férias e do reajuste salarial retroativo a maio deste ano.

A decisão foi tomada após uma reunião da categoria com representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) e um encontro, na Secretaria Municipal de Administração, com o próprio prefeito, Maílson Mendonça (PR), na manhã de hoje.

Em nota enviada ao Correio Notícia pela Assessoria de Comunicação, a Prefeitura de Monteirópolis disse que já pagou o sexto de férias e que o reajuste salarial somente será concedido após aprovação pela Câmara de Vereadores. Quanto ao salário de outubro, a nota informa que a gestão está trabalhando para sanar caso a caso. Confira o comunicado abaixo, na íntegra:

“O valor referente ao sexto foi pago e o retroativo não foi ainda aprovado pela Câmara, quando for aprovado será devidamente repassado. O mês de outubro, devido a situação atual dos recursos do município, ainda está pendente. Contudo, a gestão está trabalhando para sanar caso a caso”.

Em outubro deste ano, para cobrar da prefeitura o pagamento dos salários de setembro, os trabalhadores da Educação paralisaram as atividades por 12 dias – de 19 a 30 do mês passado. Com o pagamento dos salários de setembro somente no dia 30 de outubro, a categoria voltou ao trabalho no dia 31.

Numa entrevista à Rádio Milênio, de Santana do Ipanema, no dia 23 de outubro, o prefeito de Monteirópolis afirmou que o atraso no pagamento dos salários de setembro foi devido à escassez de recursos. Ele também ressaltou que o município estava sofrendo as consequências dos problemas da gestão anterior.

Participam da paralisação iniciada nesta terça-feira (14), além de professores, merendeiras, vigilantes e serviçais, todos funcionários do município.

LEIA MAIS:

Professores de Monteirópolis podem entrar em greve se salário não for pago até o dia 10

Postada em 14/11/2017 16:15
1 Comentário

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Cidades

1

Artigo

Quero emagrecer, mas sou compulsivo

2

Artigo

A Copa política e o Patriotismo

3

Artigo

Como a felicidade pode ser transformadora nas organizações

4

Na br-316

Integrantes de banda ficam feridos em acidente com ônibus em Santana do Ipanema

5

Artigo

A delirante pretensão da candidatura de Lula

6

Educação

Em Delmiro Gouveia, redução da evasão escolar e maus tratos mobilizam a sociedade

1

Prefeito de Mata Grande

TJ confirma para esta terça-feira julgamento de embargos em processo de Mandu

2

Já mira 2020

Luiz Pedro, filho de Celso Luiz, retira pré-candidatura e declara apoio a Fátima Canuto

3

Dia 19

Audiências que podem cassar Padre Eraldo, o vice e 2 vereadores acontecerão nesta terça

4

Pedro Paulo (PT)

“Não temos representante de Delmiro Gouveia na ALE”, diz vereador pré-candidato a deputado

5

De Mata Grande

TJ remarca para dia 19 julgamento de embargo em processo contra Erivaldo Mandu

6

Jota Silva

Prefeito garante reajuste para a Educação maior que o que for apontado por estudo técnico

1

Violência

Homem é assassinado com vários disparos de arma de fogo em Inhapi

2

Fatalidade

Garoto de Delmiro Gouveia que necessitava de doação de sangue morre em Maceió

3

Em maceió

Acusado de “financiar” assassinato do comandante da Caatinga de Sergipe morre em confronto

4

Insegurança

Criminosos invadem casa, fazem morador refém e roubam moto em Delmiro Gouveia

5

Confira

Prefeitura de Delmiro Gouveia divulga programação do São João, sem custos para o município

6

3 casos

Água Branca foi a cidade mais violenta do Sertão em abril, segundo estatísticas da SSP