Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Bolsonaro quer esperar eleição no Congresso para se filiar a um partido político
Por Igor Gadelha/CNN
Após a vitória do Centrão nas eleições municipais, Bolsonaro avalia se filiar a uma sigla do grupo, entre elas, o Progressistas ou o PSD - Foto: Adriano Machado/Reuters

Criticado por participar da campanha eleitoral municipal sem estar filiado a um partido, o presidente Jair Bolsonaro só deve se filiar a uma sigla após a eleição para as presidências da Câmara e do Senado.

Aliados e auxiliares de Bolsonaro tem dito que ele quer aguardar a eleição no Congresso, em 1º de fevereiro de 2021, para ver como ficará a acomodação das forças políticas após a disputa.

Dessa forma, o presidente também busca evitar atritos entre os partidos alinhados ao governo que participarão da eleição para o comando do Legislativo, embora tenha seus candidatos favoritos nos bastidores.

Pessoas próximas do presidente preferem um partido menor, como o Patriotas – Bolsonaro já vem dialogando com o presidente da legenda, Adilson Barroso.

A avaliação dos bolsonaristas é de que, em uma sigla menor, seria mais fácil o presidente acomodar seus aliados no comando partidário nos estados. Em legendas maiores, isso seria mais difícil.

O presidente não descartou ainda a criação de uma nova sigla, a Aliança pelo Brasil, que ainda está na fase de coleta de assinaturas. A ideia é defendida principalmente pelos filhos de Bolsonaro.

Postada em 18/11/2020 13:19 | Atualizada em 18/11/2020 13:20
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Política

1

PEDIDO

Bolsonaro deve exigir que empresas não demitam empregados que recusem vacinação

2

SEM DINHEIRO

Guedes defende travar outros gastos caso auxílio emergencial seja renovado

3

Ação da inteligência

Polícia prende homem após encontrar plantação de maconha em quintal de casa em Delmiro

4

Contra o presidente

Em 1ª coletiva do ano, Paulo Guedes contraria Bolsonaro: “vacinação em massa é decisiva"

5

Governo Bolsonaro

Alvo de inquérito por homofobia, ministro afirma que defende o que diz a Bíblia

6

Genocida

Líderes indígenas denunciam Bolsonaro ao Tribunal de Haia por crimes contra a humanidade

1

Caso em maravilha

Suspeita de matar e mutilar filha se recusa a prestar depoimento em Delmiro Gouveia

2

Wellington Amâncio

Contos delmirenses — Um passarinho com mal olhado

3

Imunização no Sertão

Duas mil vacinas foram encaminhadas para o Sertão de Alagoas; veja quantidade por cidade

4

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

5

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

6

Recomenda não nomear

Confederação emite parecer jurídico sobre nomeação de aprovados em concurso público

1

Brutalidade

Polícia prende mulher suspeita de matar e arrancar olhos da filha em Maravilha

2

Caso em maravilha

Suspeita de matar e mutilar filha se recusa a prestar depoimento em Delmiro Gouveia

3

Antônio Melo

No Sertão, prefeituras são investigadas por suspeita de criarem falsos casos de Covid-19

4

Crime bárbaro

Suspeita de matar e mutilar filha estava rezando no momento em que foi presa em Maravilha

5

Investigação

Pai de criança morta pela própria mãe em Maravilha está trabalhando no Rio de Janeiro

6

Caso Brenda

Ministério Público pede internação da mulher acusada de matar filha de 5 anos em Maravilha