Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

TJ adia pela quinta vez e marca para dezembro julgamento do prefeito de Monteirópolis
Prefeito Maílson Mendonça é réu em processo de improbidade administrativa; ele já foi condenado em primeira instância, mas recorreu ao TJ, que vem adiando o julgamento desde janeiro deste ano
Por Jota Silva
Prefeito de Monteirópolis, Maílson de Mendonça Lima (PR) - Foto: Cortesia/Luciano Martins

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) adiou mais uma vez o julgamento do processo que tem como réu o prefeito de Monteirópolis, Maílson Mendonça (PR). É o quinto adiamento somente este ano. Agora, o julgamento está marcado para dezembro.

Desta vez, o motivo, segundo informou ao Correio Notícia a Assessoria de Comunicação do Tribunal, é que o desembargador Tutmés Airan estará de férias em novembro.

O julgamento no TJ/AL já tinha sido marcado para 14 de agosto, 6 de setembro, 11 de setembro, 9 de outubro, 16 de outubro e agora está previsto para dezembro.

O prefeito de Monteirópolis é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de fazer parte de um esquema de emissão de notas fiscais frias para desvio de dinheiro público que deveria ser investido em obras.

Os supostos atos de improbidade administrativa ocorreram quando Maílson esteve pela primeira vez como prefeito do município, entre 2007 e 2012. O prefeito já foi condenado em primeira instância nesse mesmo processo pelo juiz Bruno Acioli Araújo, da Comarca de Olho D’água das Flores, em 2014.

No julgamento no TJ/AL, em dezembro deste ano, a sentença do juiz pode ser confirmada pelos desembargadores ou revogada, inocentando o prefeito Maílson.

Porém, mesmo que seja condenado pelo Tribunal, o prefeito ainda pode recorrer ao próprio TJ/AL e também ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Somente após recorrer a todas as instâncias e após o trânsito em julgado de todo o processo é que as penalidades, caso sejam confirmadas, serão aplicadas, o que poderá resultar até na perda do mandato atual de prefeito. Nesse caso, o cargo seria assumido pelo vice-prefeito, Adeildo Inácio Medeiros (DEM).

O processo que será julgado pelo TJ/AL, em dezembro, tem como número 0000234-27.2010.8.02.0025.

Postada em 11/10/2017 11:43
3 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Política

1

São José da Tapera

Dupla Jefferson e Tiago participará de show em prol de mulher que teve casa incendiada

2

Artigo

Alô, alô marcianos, a coisa aqui está preta

3

Artigo

Saiba como corrigir sua conta de luz e recuperar valores acumulados

4

Artigo

Aborto – questão legal ou existencial?

5

Criminalidade

Homem natural de Água Branca é hospitalizado após ser baleado em frente de casa em Delmiro

6

Triângulo das Bermudas

MPF pede condenação de 45 anos para Celso Luiz por desvio de recursos da cidade de Canapi

1

Jota Silva

Professores querem 60% do valor dos precatórios milionários recebidos no Sertão

2

Na câmara

Kel recebe agentes de trânsito que lutam por adicional de periculosidade e garante apoio

3

Procurado pela polícia

Batalha: Baixinho Boiadeiro é acusado de atirar em Emílio Dantas e é considerado foragido

4

Deverá ser investigado

Morador de Delmiro protocola denúncia contra Padre Eraldo por improbidade administrativa

5

Batalha

Durante entrevista, Bahia Boiadeiro confessa que irmão trocou tiros com Emílio Dantas

6

Ficou para dezembro

TJ adia pela sexta vez julgamento de processo contra prefeito de Monteirópolis

1

Na br-316

Canapi: jovem morre a caminho de unidade de saúde após bater moto em placa de sinalização

2

Batalha

Durante entrevista, Bahia Boiadeiro confessa que irmão trocou tiros com Emílio Dantas

3

Imprudência

Acidente provocado por ultrapassagem malsucedida deixa dois feridos em Delmiro Gouveia

4

Causa desconhecida

Mototaxista é encontrado morto dentro de casa após vizinhos sentirem mau cheiro em Delmiro

5

Procurado pela polícia

Batalha: Baixinho Boiadeiro é acusado de atirar em Emílio Dantas e é considerado foragido

6

Ferimento no pé

Morador de Tapera é atacado por piranha em praia do Rio São Francisco em Pão de Açúcar