Buscar

Editorias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Mourão, vice de Bolsonaro, não registrou uso de avião na prestação de contas ao TSE
"O vice-presidente general Mourão e o PRTB não farão pronunciamento oficial para a Folha de S.Paulo sobre o tema", afirmou a assessoria do PRTB
Por Folhapress / Notícias ao Minuto
Vice-presidente eleito junto com Jair Bolsonaro, general Mourão pegou carona em uma aeronave para participar de evento da campanha - Foto: REUTERS/Sergio Moraes

O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB), pegou carona em uma aeronave para participar de evento da campanha, mas não incluiu esse dado na prestação de contas, o que contraria a legislação.

Mourão foi de Brasília a Cascavel (PR) nos dias 12 e 13 de setembro para o lançamento da candidatura do produtor rural Paulinho Vilela (PSL-PR) a deputado federal.

A campanha de Jair Bolsonaro (PSL), que também fez a prestação de contas de Mourão, não registrou o transporte nas informações oficiais entregues ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A aeronave, de prefixo PT-VLY, pertence a Serafim Meneghel, um usineiro do Paraná.

"O vice-presidente general Mourão e o PRTB não farão pronunciamento oficial para a Folha de S.Paulo sobre o tema", afirmou a assessoria do PRTB.

A viagem ao Paraná foi o primeiro evento público de Mourão após o atentado a faca contra Bolsonaro, em 6 de setembro, na cidade de Juiz de Fora (MG).

Vilela, que acompanhou Mourão no trajeto, não se elegeu e declarou o uso do turboélice em sua prestação de contas: R$ 25 mil de gasto estimado.

A lei determina que os gastos devem ser declarados por todos os candidatos que dividiram o transporte. Ou seja, tanto o deputado como o vice-presidente deveriam ter computado a despesa.

Consultada sobre o tema, a assessoria do TSE ratificou essa posição: "Quando se trata de gasto em conjunto, o único registro dispensável é referente a material impresso. Nos demais casos, há necessidade do registro da [despesa] estimável em dinheiro."

Na época, Vilela disse à Folha de S.Paulo que a aeronave é de sua família e foi emprestada a Mourão. Ele disse que seu irmão é casado com a filha de Meneghel.

"É um avião de 1990, turboélice com baixo custo operacional, não é jato ou superavião", afirmou Vilela.Não há nas informações apresentadas ao TSE dados sobre outros gastos de Mourão no Paraná.

Na mesma viagem, ele participou de uma carreata em Cascavel, de um encontro com produtores rurais em Londrina e de uma palestra em Curitiba.

Por ser o cabeça da chapa, Bolsonaro é responsável solidário pelas informações das contas apresentadas ao TSE.

A Folha publicou reportagens, ainda durante as eleições, mostrando que a campanha de Bolsonaro omitiu diversos detalhes de seus gastos na prestação de contas. A área técnica do TSE também apontou indícios de irregularidades.

Bolsonaro nega ilegalidades e diz que fez "a campanha mais pobre da história do Brasil".

Eventual rejeição das contas pelo TSE não interfere na diplomação e posse de Bolsonaro, mas, em caso da verificação de problemas, pode servir de base para abertura de ação futura de investigação judicial eleitoral. Com informações da Folhapress.

Postada em 21/11/2018 11:15
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Eleições 2018

1

INTEPESTIVO

Bolsonaro defende tratamento precoce de covid e critica passaporte da vacina

2

ACERTOS

TSE se reúne novamente com plataformas de redes sociais

3

MAU EDUCADO

Em Nova York, ministro Marcelo Queiroga faz gesto obsceno para manifestantes

4

PROBLEMA

MPF defende rejeição do pedido da defesa de Lula para encerrar última ação penal

5

PROVA DE VIDA

INSS: quase 5 milhões têm de fazer prova de vida até 2022; veja como funciona

6

Vencendo a pandemia

Delmiro Gouveia está há quase uma semana sem registrar nenhum caso novo de covid-19

1

FEMINICIDIO

Família de mulher morta pelo ex-marido cobra Justiça em caminhada em São José da Tapera

2

Crime contra animais

Polícia investiga morte por envenenamento de quatro cachorros em Mata Grande

3

Moravam em Delmiro

Dois homens que deixaram Delmiro para trabalhar em SP estão desaparecidos há 30 dias

4

Acidente

Estrutura de madeira em escola desaba e mata servidor da prefeitura de Piranhas

5

Aglomeração

Após escândalo de festa promovida por prefeitura, polícia proíbe vaquejada em Ouro Branco

6

Golpe e violência

Homem de Senador cai em golpe ao tentar comprar cisterna e é assaltado em Arapiraca

1

Moravam em Delmiro

Dois homens que deixaram Delmiro para trabalhar em SP estão desaparecidos há 30 dias

2

Caso Pindoba

Acusado de matar idoso de 70 anos em Mata Grande é preso e alega ter problemas mentais

3

Acidente

Motorista perde controle de carro e bate em árvores em trecho da AL-145 em Água Branca

4

Acidente

Estrutura de madeira em escola desaba e mata servidor da prefeitura de Piranhas

5

FEMINICIDIO

Família de mulher morta pelo ex-marido cobra Justiça em caminhada em São José da Tapera

6

Golpe e violência

Homem de Senador cai em golpe ao tentar comprar cisterna e é assaltado em Arapiraca