Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

TJ/AL inicia julgamento de atos de improbidade administrativa contra Padre Eraldo
Processo contra gestor de Delmiro Gouveia é referente a suposto esquema de corrupção relacionado a locação de veículos e máquinas pesadas
Por Redação
Processo contra gestor de Delmiro Gouveia é referente a suposto esquema de corrupção relacionado a locação de veículos e máquinas pesadas - Foto: Divulgação/Assessoria

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) iniciou, nesta terça-feira (20), o julgamento da Ação Penal impetrada pelo Ministério Público Estadual (MPE) em desfavor do atual prefeito da cidade de Delmiro Gouveia, Eraldo Joaquim Cordeiro (PSD).

De acordo com o MPE, que realizou buscas e apreensões na sede da prefeitura e em várias secretarias em março de 2018, após apuração dos dados, o gestor seria o chefe de uma Organização Criminosa (Orcrim) que desviou valores que ultrapassam 27 milhões de reais dos cofres públicos, em contratos relacionados à locação de veículos e máquinas pesadas.

A apuração da investigação resultou no pedido de cassação e prisão do gestor e de seis vereadores da cidade, através de Ação Penal, expedida em setembro de 2019 pelo MPE ao TJ/AL.

Na peça, o então procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, apontou que a gestão municipal dispunha de frota suficiente ao realizar contratos emergencias.

O desembargador Washigton Luiz, relator do processo, negou o pedido de prisão e de afastamento, mas continuou com o processo de investigação.

Entenda como funciona o julgamento

Apesar de correr em segredo de Justiça, o processo que tramita na modalidade “Procedimento Ordinário” resumidamente se detém quando a pena máxima em abstrato do crime cometido for maior ou igual a 4 anos. A Ação Penal é observada no Tribunal do Pleno, ou seja, pelo colegiado de desembargadores.

Este procedimento se inicia com a denúncia do réu (ação penal pública), ou com a queixa-crime (ação penal privada). O processo segue e o colegiado vai decidir se aceita ou rejeita a denúncia.

Nesta terça-feira, um desembargador pediu vista, ou seja, maior tempo para analisar a peça que foi preparada pelo MPE. Após essa apreciação, o colegiado vai decidir o destino do prefeito da cidade sertaneja.

O que diz o citado

Durante sabatina recente na rádio Correio FM, o prefeito foi questionado sobre o assunto. Para ele as denúncias ofertadas ao MPE partem de uma estratégia política. “Todo mundo sabe que fui e sou alvo de perseguição. Eu nunca sujei minhas mãos com dinheiro público. Essas denúncias são fabricadas, o processo está lá e eu espero que seja julgado, porque sou inocente”, disse Eraldo Cordeiro.

Postada em 21/10/2020 08:32 | Atualizada em 09/12/2020 00:47
14 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Política

1

RESTRIÇÕES

Com mais mortes no Sertão provocadas pela Covid-19, Alagoas retorna à fase amarela

2

Medidas cautelares

Promotoria de Justiça propõe ação para evitar festas e paredões em Santana e Olivença

3

EXPLOSÃO

Botijão de gás explode dentro de posto do PSF de Batalha e deixa vários feridos

4

FEMINICÍDIO

Cinco estados somaram 449 casos de feminicídio em 2020

5

PRIMEIRA FASE

Senado aprova texto-base da PEC Emergencial em 2º turno

6

"Criativo"

Vídeo mostra criminoso dentro de padaria e “vestido” com saco de farinha em Delmiro

1

Antônio Melo

Políticos no Sertão usam laranjas para comprarem carros-pipa e trocarem água por votos

2

NA CADEIA

Assaltantes que aterrorizavam no Sertão são presos pela PM em Maravilha

3

No Sertão de AL

Governo Bolsonaro suspende Operação Pipa, população pobre fica com sede e AMA reage

4

Pandemia da Covid-19

MP ajuíza ação para evitar eventos com aglomeração em três cidades do Sertão de Alagoas

5

Em flagrante

Após assalto a popular, agentes da SMTT perseguem e prendem suspeito em Delmiro Gouveia

6

POLÊMICA

Secretário rebate denúncias e diz que não existe perseguição política em Belo Monte

1

Exclusivo

“Tribunal da Morte” autorizou execução de coordenador da prefeitura de Pão de Açúcar

2

Crime bárbaro

Dono de lava a jato mata e simula sequestro de dono de funerária em Olho D'água das Flores

3

NA CADEIA

Assaltantes que aterrorizavam no Sertão são presos pela PM em Maravilha

4

Caso Gilmário

Identificado empregado de lava a jato que participou de homicídio e foi morto pela polícia

5

SORTE

Corretora de imóveis escapa de sequestro lutando com bandido em Delmiro Gouveia

6

Caso Gilmário

MPE requer prisão preventiva de acusados de matar empresário em Olho D'água das Flores