Buscar

Wellington Amâncio

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Quem é Wellington Amâncio ? Professor, fotógrafo, escritor e músico; mestre em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental pela UNEB; especialista em Ensino de Filosofia (UCAM); graduado em Pedagogia e em Filosofia (UNEB).
"Alguns poemas" é o livro de estreia do grande poeta, Marlos Caíque
Foto: Divulgação

Quando falamos da Tradição da Poesia Delmirense, ao estilo do saudoso Virgílio Gonçalves e do grandioso Severino de Souza Neto, falamos de um universo para poucos, expresso numa poesia que rima com exatidão e fala de modo autêntico e que emociona os corações dos nossos conterrâneos — porque sua temática releva o que temos de melhor, conforme nossa condição de sertanejo, alagoano e delmirense. Dentro deste universo, nós temos um novo grande poeta. Um artista que definitivamente chegou para somar a nossa cultura. Gostaria de apresentá-lo a partir de um poema, de modo que você entenda o tamanho do acontecimento.

A imposição

Tem aquilo que me é imposto
Discordo! Impugno! Não aceito
Mas sou obrigado a contragosto
Pois me é imposto e não tem jeito

Tem na comida o tal imposto
E até na renda ? que dor no peito!
Na água, luz, na gasolina do posto
Não me sobra nada, nenhum direito

Aliás, o que se tem feito?
Com tanta imposição?
Era pra ser tudo perfeito

A qualidade na saúde, educação
Mas meu amigo é tudo o oposto
O suposto dinheiro é pago em vão

O poeta que debuta em seu livro “Alguns poemas” chama-se Marlos Caíque. Natural de Santa Brígida-BA, nasceu em 1988. Desde muito cedo apresentou aptidão para a escrita criativa, sendo reconhecido por colegas de sala de aula e professores. Atualmente é advogado com escritório em Delmiro Gouveia/AL, município onde reside. É graduado em Direito pela Fasete (Unirios). Cristão da Assembleia de Deus, casado com Pamela Cavalcante, pai de Marlos Samuel, e filho de Zé Ribeiro, o dono de padaria mais famoso da região. Nas horas vagas dedica-se à poesia.
Leiamos outra vez:

A poesia vive

A poesia não é só a escrita
É a vida acontecendo agora
Ao som da música mais bonita
E a escrita duma nova história

A menina com o laço de fita
Que salta pela rua a fora
Mais que contagia, pula, grita
E ninguém percebe, ignora

Agora mesmo, a poesia vive
Mesmo no luto, que se chora
O olhar se alegra, ressuscita

Permita-me até dizer inclusive
Que ainda que morta, revigora
Nem morre! A poesia, amigo, vive!


Quem acompanha sua produção, ouvindo-o recitar ou lendo seus manuscritos (com a sua graça e seus comentários distintivos) tem a noção de que a cultura literária delmirense dará mais um daqueles saltos para além das expectativas dos leitores mais exigentes. E seu livro está disponível, sendo possível adquiri-lo na Papelaria Torres

Para quem gosta de poesia e estava meio carente de novas produções de autores delmirenses, agora a oportunidade de fruir um livro inteiro, cuja qualidade o eleva ao rol dos melhores livros publicados em Delmiro Gouveia nos últimos 20 anos. 

Leiamos este belo poema:

A precisão


Pedro precisou de pão
O padeiro de farinha
Farias não tinha não
Tômas era quem tinha

Veria Tômas a João
Ajudado por Teresinha
Mas num acidente ? um caminhão
Pois Vânia era quem vinha

Tômas caiu ao chão
O sangue lhe sobrevinha
E um coma lhe acometeu

Mas Pedro com precisão
Nem se lembrou da farinha
E com Farias o socorreu

E as sutilezas dos seus versos não se esgotam, porque tais poemas dizem mais e além do que aquilo que ali no texto se expressa. A rima é complexa e inventiva, o jogo de palavras, para além de comunicar, poetificam nossas tardes de leituras. E era mesmo preciso reunir o melhor da sua poesia, de uma escrita que verso a pós verso surpreende o leitor, demonstrando o profundo domínio de um senso poético muito pessoal, pela especificidade temática, pela abordagem temática, pela escolha precisa das palavras, pela desenvoltura em fazer significar (de modo peculiar e poderosamente) quando certas palavras se encontram e festejam no poema, e sobretudo, pelo tratamento virtuoso dado às coisas do seu universo particular, como no belo poema que se segue:


Perspectiva poética


As flores hoje fecharam mais cedo
As portas brotaram sem chaves
Mas as cores abriram sem medo
E os versos fizeram as pazes

Hoje mesmo o dia estava azedo
Os sabores escuros e contumazes
Mas os tesouros diziam os segredos
E as estrofes se fizeram suaves

Hoje no teatro não se tinha enredo
Nem as peças expostas em cartazes
Ou ao menos um simples folheto

Mas a plateia se encontrava cedo
As moças beijavam os rapazes
E as crianças faziam um soneto

O livro de Marlos Caíque é mais uma produção das Edições Parresia, uma editora 100% delmirense.

https://www.edicoesparresia.com.br

Boa leitura!

Postada em 12/11/2020 09:02 | Atualizada em 10/12/2020 10:26
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Wellington Amâncio

1

Recomenda não nomear

Confederação emite parecer jurídico sobre nomeação de aprovados em concurso público

2

Jairo Ribeiro

Vídeo: Especialista comenta situação de concurso de Major Izidoro e Pão de Açúcar

3

Jairo Ribeiro

Vídeo: Advogado especialista comenta situação de concurso de Major Isidoro e Pão de Açúcar

4

Jairo Ribeiro

Vídeo: Advogado especialista comenta situação de concurso de Major Isidoro e Pão de Açúcar

5

Jairo Ribeiro

Vídeo: Advogado especialista comenta situação de concurso de Major Isidoro e Pão de Açúcar

6

Novo coronavírus

Delmiro Gouveia registra mais 15 pessoas infectadas e 14 curadas da Covid-19

1

Troca de tiros

Operação policial termina com dois criminosos mortos e policial ferido em Delmiro Gouveia

2

SEM EFEITO

Jorge Dantas torna sem efeito convocação de aprovados em concurso de Pão de Açúcar

3

Boletim atualizado

Mais uma morte e 19 novos casos de Covid-19 são registrados em Delmiro Gouveia

4

MUDANÇAS

Nova portaria muda regras para PRF atuar em operações conjuntas

5

EXECUÇÃO

Polícia tem pistas de matadores de coordenador de transportes da Saúde de Pão de Açúcar

6

CONDENAÇÃO

Justiça condena ex-prefeito de Monteirópolis acusado de corrupção a 13 anos de prisão

1

Após investigação

Operação prende três pessoas e apreende drogas e armas de fogo em Inhapi e Piranhas

2

ACHADO

Cadáver de homem desconhecido é encontrado por populares no Distrito do Piau em Piranhas

3

Trabalho de inteligência

Dois suspeitos de assassinar dependente químico em estrada de Mata Grande são presos

4

Acidente

Motorista colide carro que conduzia quando chegava em motel em Olho D'água das Flores

5

Boletim atualizado

Mais uma morte e 19 novos casos de Covid-19 são registrados em Delmiro Gouveia

6

Violência

Homem é morto com tiro na cabeça em Tapera e polícia busca informações para elucidar caso