Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Após pedido de prisão, vereadores de Delmiro Gouveia dizem que vão provar inocência
Os seis parlamentares disseram em nota que ficaram “consternados” com o pedido feito pelo procurador-geral de Justiça ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL)
Por Redação
Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia - Foto: Arquivo/Correio Notícia

Os seis vereadores de Delmiro Gouveia que tiveram o pedido de prisão feito pelo procurador-geral de Justiça ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) disseram por meio de nota, nesta sexta-feira (4), que vão provar a inocência e que nem sequer foram ouvidos pelo Ministério Público Estadual (MPE) na fase inquisitorial do processo.

Eles informaram ainda, na nota, que “confiam amplamente no papel da justiça”. O pedido de prisão deles, do prefeito Padre Eraldo, de um ex-vereador, de secretários, ex-secretário e empresários foi divulgado com exclusividade pelo Correio Notícia, nesta sexta-feira (4) (relembre aqui).

O procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, pediu também que todos sejam afastados dos cargos que ocupam na administração pública.

A denúncia ofertada pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) está datada do dia 26 de setembro deste ano e é referente à investigação de um esquema de fraude de licitação que teria desviado cerca de R$ 20 milhões de reais dos cofres da prefeitura, fato pelo qual foram apreendidos vários documentos em uma operação deflagrada no dia 15 de março deste ano pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Confira abaixo, na íntegra, a nota dos vereadores.

Os vereadores de Delmiro Gouveia receberam com surpresa a notícia veiculada na imprensa nesta sexta-feira (4), sobre o pedido de prisão preventiva pelo Ministério Público. Os parlamentares ressaltam que a consternação baseia-se no fato de nem mesmo terem sido ouvidos na fase inquisitorial do processo, frisando que não há motivo para o ato dispensado pelo MP. Os edis confiam amplamente no papel da justiça, sendo todos os fatos esclarecidos e provando a inocência dos mesmos.

Delmiro Gouveia, 4 de outubro de 2019.

Ezequiel de Carvalho Costa, Fabíola Marques, Raimundo Valter Benício (Casa Grande), Francisco de Assis (Kinho), Marcos Costa e Júnior Lisboa.

Postada em 05/10/2019 18:10 | Atualizada em 09/10/2019 21:04
5 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Política




A privatização da Ceal/Eletrobras, que foi comprada pela Equatorial, trouxe benefícios para a população?

Sim
Não
 

CNTV

1

Wellington Amâncio

Framuk, um vampiro no Carnaval

2

Wellington Amâncio

1º Prêmio Literário Virgílio Gonçalves

3

Wellington Amâncio

Publicação de obras de autores alagoanos

4

Artigo

Carnaval com Machado de Assis

5

Artigo

Assassinato de mulheres: é dever de todos estarem alerta para o feminicídio

6

Artigo

A fronteira para o gerenciamento de dados mestres

1

Era empresário

Assassinato de Rodrigo Alapenha em Delmiro completa 30 meses e crime segue sem solução

2

Senadinho

Pré-candidato a prefeito de Inhapi, Morcego é preferido pelo povo e impressiona Zé Cícero

3

Confira

Prefeitura de Delmiro Gouveia divulga programação do Carnaval com mais de 15 atrações

4

Autoria desconhecida

Morador de Piranhas suspeito de chefiar quadrilha é encontrado morto em São José da Tapera

5

Confira

Concurso público de Delmiro Gouveia tem 200 vagas e provas serão aplicadas no mês de abril

6

Investigação

Pai e filhos são apontados como autores do atentado à bala que matou dois em Mata Grande

1

Confira

Prefeitura de Delmiro Gouveia divulga programação do Carnaval com mais de 15 atrações

2

Fatalidade

Mulher vítima de grave acidente com moto em Delmiro Gouveia não resiste aos ferimentos

3

Confira

Concurso público de Delmiro Gouveia tem 200 vagas e provas serão aplicadas no mês de abril

4

Casa caiu

Acusado de participar de assalto a carro-forte em Inhapi morre em troca de tiros

5

Violência

Homem natural de Água Branca é morto a tiros na cabeça enquanto trabalhava no Maranhão

6

Ação criminosa

Mulher é rendida e tem moto roubada por criminosos em estrada vicinal de Água Branca