Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

80% das pessoas mortas pela polícia do RJ em 2019 eram negras ou pardas
Segundo números do Instituto de Segurança Pública, entre as 885 pessoas mortas em ações policiais no Estado do Rio de Janeiro no primeiro semestre de 2019, 711 eram negras ou pardas
Por Revista Fórum
Foto: Divulgação

Há quem insista em negar que existe um forte componente racista que guia as ações das polícias em todo o Brasil, e especialmente no Rio de Janeiro, mas os números volta e meia aparecem para confirmar essa teoria.

As novas cifras que comprovam essa máxima vieram do Instituto de Segurança Pública (ISP), um órgão do do governo estadual do Rio de Janeiro, e são eloquentes: as operações policiais realizadas no Rio durante o primeiro semestre de 2019 produziram um total de 885 vítimas fatais, das quais 711 (80.3%) eram pessoas negras ou pardas.

Se comparamos esse número com o fato de os negros e pardos são cerca de 54% da população do Estado do Rio de Janeiro, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), podemos confirmar o triste verso cantado por Elza Soares, de que “a carne mais barata do mercado é a carne negra”, ou ao menos é assim aos olhos da polícia.

Além disso, o percentual de pessoas negras mortas pela polícia fluminense no primeiro semestre de 2019 é similar ao total registrado em todo o Brasil no ano de 2018. Segundo números do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, os negros e pardos foram 75,4% das vítimas mortas pela polícia em todo o país, o que significa que as cifras do Rio de Janeiro não são um caso à parte, mas sim uma tendência nacional.

Tendência que desmente o expressado nesta manhã pelo deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. Em sua conta de Twitter, ele tentou negar o racismo na polícia com o argumento de que “a tropa é miscigenada e ninguém serve a negros ou brancos, mas sim aos brasileiros”. O parlamentar se refere à formação interna, mas evita comentar o perfil das vítimas.

Postada em 09/02/2020 13:12
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

Senadinho

Grupo “Filhos de Delmiro” lança Rafael Toledo como pré-candidato a prefeito do município

2

Novo coronavírus

Alagoas tem 62,7 mil casos de Covid-19: 1,6 mil mortes, 6,5 mil doentes e 54,5 mil curados

3

Água Branca

Cristo, um artista ainda por receber o merecido reconhecimento

4

No diário

Prefeitura de Delmiro Gouveia firma contrato de mais de R$ 1 milhão para compra de livros

5

Tragédia

Batida entre moto e carro deixa duas pessoas mortas em trecho da AL-220 em Monteirópolis

6

Após denúncia

Ação policial resulta na captura de duas pessoas e na apreensão de maconha em Piranhas

1

Senadinho

Movimentações para composição de chapa com Ziane Costa agitam bastidores da política

2

Impedido

Prefeito de Mata Grande está inelegível, segundo advogado e ex-desembargador do TRE/AL

3

Jota Silva

Hélio Brandão, um homem de palavra cuja morte foi sentida até pelos adversários políticos

4

Eleições 2020

Pesquisa indica eleição de Tenorinho Malta com larga vantagem sobre adversários em Inhapi

5

Fraude e prejuízo

São José da Tapera: 162 servidores públicos receberam irregularmente o auxílio emergencial

6

Em maceió

Ex-funcionário da Fábrica da Pedra, delmirense morre com suspeita de Covid-19

1

Em maceió

Ex-funcionário da Fábrica da Pedra, delmirense morre com suspeita de Covid-19

2

Impedido

Prefeito de Mata Grande está inelegível, segundo advogado e ex-desembargador do TRE/AL

3

Não resistiu

Mulher esfaqueada mais de dez vezes em Senador Rui Palmeira morre em hospital

4

Violência no Sertão

Homem é encontrado morto em povoado de São José da Tapera

5

Jota Silva

Hélio Brandão, um homem de palavra cuja morte foi sentida até pelos adversários políticos

6

Insegurança

Criminoso leva dinheiro e cachorro durante assalto a petshop em Delmiro Gouveia