Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Congresso discutirá adiamento de eleições sem prorrogação de mandato
Tema será estudado por uma comissão mista de deputados e senadores
Por Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta terça-feira (19) que será criada uma comissão mista, composta por deputados e senadores, para avaliar a possibilidade de adiamento das eleições municipais deste ano sem a prorrogação de mandato de prefeitos e vereadores.

“O presidente [do Congresso Nacional, senador] Davi Alcolumbre [DEM-AP] vai construir um grupo de trabalho junto com a Câmara, para que a gente possa discutir a questão da data da eleição. [Se] nós vamos mantê-la no mesmo dia, ou se o Parlamento vai modificá-la dentro do próprio mandato, em uma outra data. Então, seria o adiamento das eleições sem prorrogação de mandato. Isso eu vi em uma discussão com os líderes, que é quase uma unanimidade”, afirmou Maia, em entrevista coletiva na chegada à Câmara dos Deputados.

De acordo com Maia, antes de passar pela análise dos parlamentares, a medida será discutida com o ministro Luís Roberto Barroso, que toma posse na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 25 deste mês.

Recesso legislativo

Rodrigo Maia defendeu ainda a suspensão do recesso parlamentar do Congresso Nacional em virtude da pandemia de covid-19. A expectativa do deputado é que os trabalhos presenciais na Câmara sejam retomados a partir de julho. Ontem (18), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, decidiu suspender o recesso parlamentar, que ocorreria de 17 a 31 de julho.

“A decisão está correta. A proposta é do presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre. A minha posição é que, no período do recesso, se possível, estejamos retomando os trabalhos no Congresso Nacional e fiquemos esse período todo em votação remota. Então, eu acho que o recesso, de alguma forma, já foi atendido”, disse. Maia descartou que a suspensão do recesso possa prejudicar as articulações políticas para as eleições municipais.

Enem

O presidente da Câmara disse ainda que aguarda posicionamento do Palácio do Planalto sobre o adiamento da aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Nesta terça-feira, o Senado pode votar uma proposta que prevê o adiamento das provas marcadas para 1º e 8 de novembro.

“Na quinta-feira, eu conversei com presidente da República, pedi que ele pudesse avaliar e decidir pelo adiamento [do Enem], esse era o nosso pleito porque o ambiente nas duas Casas é pela aprovação do decreto legislativo [que prevê o adiamento das provas do exame]. É melhor que pudesse vir uma decisão e o presidente do Senado e Câmara tomassem a decisão de votar, para não parecer que foi uma coisa contra o governo. Na verdade, essa demanda pelo adiamento do Enem vem de todo o Brasil, de muitas famílias”, argumentou.

Auxílio a estados e municípios

Rodrigo Maia cobrou ainda agilidade do governo na sanção do projeto que prevê auxílio emergencial a estados e municípios em função da pandemia do novo coronavírus. A medida prevê auxílio de R$ 125 bilhões, com repasse e suspensão temporária de pagamento de dívidas, condicionado a medidas de controle de gastos e desistência de ações judiciais dos estados e municípios contra a União.

“Quanto mais se adiar o apoio a estados e municípios, como a arrecadação já vem caindo desde o final de março, alguns vão ficar em uma situação muito ruim e de forma muito rápida. Isso pode acabar gerando a necessidade de uma segunda onda de apoio, de um segundo projeto, o que não seria bom. Então, o ideal é que o governo pudesse sancionar [a proposta]”, afirmou.

O Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus estabelece cinco medidas de auxílio da União a estados e municípios. O primeiro é um repasse de R$ 60,15 bilhões para reforço de receita. O valor é o dobro do orçamento anual do Programa Bolsa Família e equivale a 60% da verba discricionária do Orçamento Geral da União deste ano.

Postada em 19/05/2020 18:11
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Política

1

Boletim atualizado

Delmiro Gouveia registra pelo segundo dia mais uma morte causada pela Covid-19

2

ALTERNATIVA

Líderes sugerem deixar Bolsa Família fora do teto de gastos

3

Em flagrante

Homens são presos dirigindo veículos com documentação falsa e chassi adulterado em Santana

4

MAIS ATENÇÃO

Planos devem cobrir novos remédios, exames e cirurgias, diz ANS

5

MAIS EMPREGOS

Confira os concursos públicos já autorizados pelo Governo de Alagoas

6

Pandemia

Técnicos da saúde investigam casos de reinfecção de coronavírus em Santana do Ipanema

1

Antônio Melo

Políticos no Sertão usam laranjas para comprarem carros-pipa e trocarem água por votos

2

NA CADEIA

Assaltantes que aterrorizavam no Sertão são presos pela PM em Maravilha

3

Atenção!

É fake que Detran/AL vai multar motoristas que dirigem sem a máscara de proteção

4

Em flagrante

Após assalto a popular, agentes da SMTT perseguem e prendem suspeito em Delmiro Gouveia

5

POLÊMICA

Secretário rebate denúncias e diz que não existe perseguição política em Belo Monte

6

Pandemia no Sertão

Morador de Delmiro morre de Covid-19 após três dias internado em Santana do Ipanema

1

Exclusivo

“Tribunal da Morte” autorizou execução de coordenador da prefeitura de Pão de Açúcar

2

Crime bárbaro

Dono de lava a jato mata e simula sequestro de dono de funerária em Olho D'água das Flores

3

NA CADEIA

Assaltantes que aterrorizavam no Sertão são presos pela PM em Maravilha

4

Caso Gilmário

Identificado empregado de lava a jato que participou de homicídio e foi morto pela polícia

5

Desde quarta (24)

Empresário de Olho D’água das Flores que viajou para Bom Conselho está desaparecido

6

SORTE

Corretora de imóveis escapa de sequestro lutando com bandido em Delmiro Gouveia