Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Juiz federal suspende entrada de venezuelanos no Brasil pelo estado de Roraima
A AGU informou que vai recorrer da medida; magistrado disse que "é imperioso rechaçar a ideia de que, em matéria da imigração, a União tudo pode, e os estados e municípios tudo devem suportar"
Por Agência Brasil
Foto: Reprodução/G1

Por determinação do juiz federal da 1ª Vara da Federal de Roraima Helder Girão Barreto, está suspenso o ingresso de venezuelanos no Brasil pela fronteira com Roraima. A decisão foi tomada após a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério dos Direitos Humanos e o Ministério Público Federal terem se manifestado contrários ao Decreto Estadual 25.681, que determina maior rigor da segurança pública e das forças policiais na fronteira. A AGU informou hoje (6) que vai recorrer da medida.

Segundo a AGU, o decreto assinado pelo governo do estado prejudica os venezuelanos que vieram ao Brasil, além de interferir em algo que seria de competência federal. Na petição, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, diz que o decreto assinado pela governadora Suely Campos estabelece discriminação e contraria princípios humanitários que o Brasil adota.

O decreto estadual foi criticado também pelo Ministério dos Direitos Humanos que informou, em nota, que vai recorrer ao Ministério Público, uma vez que o Brasil é signatário de uma série de tratados internacionais que estabelecem direitos, deveres e regras que asseguram direitos a estrangeiros sob proteção do Estado.

Na decisão que suspende a entrada de venezuelanos no país, o juiz Hélder Barreto diz que “é imperioso rechaçar a ideia de que, em matéria da imigração, a União tudo pode, e os estados e municípios tudo devem suportar”. Ele acrescenta que o Estado brasileiro pode adotar a política de imigração que entender, desde que não viole a Constituição Federal e a autonomia dos estados, dos municípios e do Distrito Federal.

“O ônus dessa política deve ser repartido por todos e não suportado por apenas um”, acrescentou o magistrado, ao afirmar que o Brasil acolhe os imigrantes venezuelanos “desde que eles fiquem em Roraima”.

Na avaliação de Barreto, é necessária uma parada na imigração que ocorre em Roraima, para que se possa fazer “um balanço das medidas adotadas até então e a implementação de outras mais efetivas que garantam o acolhimento humanitário dos imigrantes venezuelanos, mas também assegurem a fruição dos direitos a garantias dos brasileiros e acelerem o chamado processo de Interiorização”.

Em sua decisão, o magistrado determina também que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cumpra as exigências relativas à vacinação compulsória dos imigrantes venezuelanos que já foram admitidos.

Restrições

O decreto assinado pela governadora de Roraima, Suely Campos, permite que autoridades estaduais controlem a entrada nas fronteiras, como na cidade de Paracaima. Em entrevista, a governadora afirmou que vai limitar o acesso a serviços de saúde, como hospitais.

Suely Campos justificou a medida, alegando que as ações de órgãos federais têm sido ineficientes. O grande fluxo de venezuelanos, acrescentou a governadora, estaria trazendo impactos na área de segurança em cidades do estado.

Postada em 06/08/2018 14:58
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Veja mais de Brasil/Mundo

1

Após processo

Presidente do PSL acusa Haddad de calúnia e diz que vai processá-lo

2

Após denúncia da Folha

PT pede ao TSE para declarar Jair Bolsonaro inelegível por oito anos

3

Ligadas a Bolsonaro

WhatsApp bane contas de empresas suspeitas de disparar mensagens em massa contra o PT

4

Pesquisa Datafolha

50% dos eleitores afirmam que há 'alguma chance' de haver nova ditadura no Brasil

5

Artigo

Saiba quais são os assuntos mais pesquisados no Google em 2018

6

Nesta sexta-feira

Bombeiros é acionado para socorrer criança que sofreu queda em parque em Delmiro Gouveia

1

Em coletiva de imprensa

Prefeito de Delmiro diz que vai demitir "pessoas sem vergonha" e fazer ajustes na

2

Senadinho

Com a derrota, Ronaldo Medeiros vai perder o “comando” do hospital de Delmiro Gouveia?

3

É contra Bolsonaro

PM faz post a favor de Haddad: Alguém que apoia a tortura não merece meu respeito

4

Estadual e Federal

Jairzinho Lira e Severino Pessoa ficam entre os mais votados em São José da Tapera

5

Após denúncia

Homem é preso suspeito de ameaça contra a esposa e posse ilegal de arma em Mata Grande

6

Juliano Rodrigues

Com pouco, o esporte de Delmiro pode ser alavancado e valorizado da forma como merece

1

Violência

Corpo encontrado em Delmiro Gouveia pode ser de ex-candidato a vereador por Paulo Afonso

2

Fatalidade

Veículo que faz linha de Delmiro a Paulo Afonso se envolve em grave acidente na BR-423

3

Insegurança

Criminosos armados roubam cerca de R$ 10 mil de estabelecimento em Delmiro Gouveia

4

Após investigação

Operação encontra grande plantio de maconha e prende duas pessoas em Mata Grande

5

"Mauro Sertão"

Família procura idoso de Água Branca que está desaparecido há quatro dias

6

Em coletiva de imprensa

Prefeito de Delmiro diz que vai demitir "pessoas sem vergonha" e fazer ajustes na