Buscar

Notícias

Compartilhe:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Ex-prefeito contesta denúncia do MPC e diz que Justiça ainda não decidiu sobre dívida
José Gualberto Pereira, que foi prefeito de Olho D’água do Casado, disse que Eletrobras Distribuição Alagoas cobrou tarifa de prédios que não pertencem à prefeitura e de outros que já estavam desativados
Por Diego Barros
Ex-prefeito Gualberto Pereira, de Olho D'água do Casado - Foto: Arquivo/Juliano Rodrigues

O ex-prefeito José Gualberto Pereira, de Olho D’água do Casado, informou ao Correio Notícia que não concorda com a dívida apresentada pela Eletrobras Distribuição Alagoas ao Ministério Público de Contas (MPC) – órgão que, na semana passada, distribuiu à imprensa material informando os nomes de 15 prefeitos e ex-prefeitos que, em suas gestões, teriam contraído dívidas com a concessionária de energia elétrica.

Isso porque, segundo o ex-prefeito, na época em que ele ainda estava à frente do cargo no município sertanejo, em 2016, conseguiu na Justiça uma liminar que suspendia, até julgamento final do processo, a cobrança da dívida pelo consumo de energia de algumas instituições.

Algumas delas, conforme alegado pelo ex-gestor no processo, nem sequer existiam no município e outras já estavam com o fornecimento elétrico cortado.

Por essa razão, nesta quinta-feira (9), José Gualberto entregou ao MPC um ofício no qual esclarece que, em abril de 2016, contestou na própria Eletrobras as referidas cobranças. Em maio daquele mesmo ano, ele ingressou com o pedido de liminar na Justiça, o qual foi concedido.

“Ressalte-se que a divulgação do nome do município vinculado ao do gestor na época, que era eu, não procede, mesmo porque está na Justiça para julgamento a ação proposta. Solicito de Vossa Excelência aguardar o desenrolar do processo judicial, mostrando a toda a sociedade alagoana e ao TC/AL que este ex-gestor sempre se pautou com probidade”, ressalta, no documento enviado ao MPC, José Gualberto.

Confira abaixo os documentos enviados por ele ao Correio Notícia.

Postada em 10/01/2018 22:36
3 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Veja mais de Política

1

Na br-312

Acidente com caminhonete carregada com frutas por pouco não termina em tragédia no Sertão

2

Por 2 a 1

Cruz vence Dom Pedro II e abre vantagem para chegar à final do Campeonato Delmirense

3

Capturado

Acusado de espancar e matar esposa gestante com panela de pressão é preso em Alagoas

4

À queima-roupa

Homem com passagem pela polícia por tráfico de drogas é assassinado com vários tiros

5

Forte declaração

“Ele deu dez facadas em minha filha”, diz mãe de vítima de atentado em Delmiro Gouveia

6

Casa caiu

Jovem é preso pela Rádio Patrulha em Santana do Ipanema ao ser flagrado com moto roubada

1

Operação Cavalo de Troia

Identificados os onze suspeitos de roubo a banco mortos em confronto com policiais

2

Operação Cavalo de Troia

Onze suspeitos de assalto a bancos morrem em confronto com policiais no Sertão de Alagoas

3

Por infrações

Secretário de Obras de São José da Tapera é autuado em mais de R$ 42 mil durante FPI

4

Fruto de roubo a banco

Mais de R$ 100 mil são recuperados em casa onde onze morreram em confronto com policiais

5

Deputado federal

Quem é Onyx Lorenzoni, o ministro que contrariou o partido para apoiar Bolsonaro

6

Foro privilegiado

Michel Temer é cotado para assumir embaixada brasileira na Itália no governo de Bolsonaro

1

Operação Cavalo de Troia

Identificados os onze suspeitos de roubo a banco mortos em confronto com policiais

2

Operação Cavalo de Troia

Onze suspeitos de assalto a bancos morrem em confronto com policiais no Sertão de Alagoas

3

Violência

Recém liberado da cadeia, jovem é assassinado com tiros na cabeça em Senador Rui Palmeira

4

Fatalidade

Colisão frontal entre moto e carro resulta na morte de jovem entre Mata Grande e Inhapi

5

Ação rápida

Suspeitos de matar homem próximo de igreja em Senador Rui Palmeira são presos em operação

6

Fruto de roubo a banco

Mais de R$ 100 mil são recuperados em casa onde onze morreram em confronto com policiais