Buscar

Emerson Emídio

Compartilhe:
Quem é Emerson Emídio? Emerson Emidio é Jornalista, formado pela Universidade Tiradentes - MTE 2033/SE. Proprietário da Emidio Produções e Assessoria.
Posso dizer de que forma o outro deva proceder?
Pensar é um bem coletivo. Respeitar, uma virtude que deve partir de todos.
Foto: Internet

Na vida, os seres se relacionam e através dessas experiências, constroem teses, pensamentos e formam opiniões. Não distante da realidade e das associações entre relações, divergências irão ocorrer. É assim em todos os campos da sociedade atual. Tem gente explosiva, emotiva, alegre, frustrada, feliz e até mal amada.

Vivemos, atualmente, num jogo de cartas, que eu, primorosamente vou ‘apelidar’ de Poliana. O que é melhor? O que é pior? Ser feliz com a desgraça alheia ou infeliz com o sucesso do vizinho? Cruel, cruel! Ao voltarmos na história, precisamente em 2009, o Brasil conheceu uma personagem: Ana! Ela participou do Big Brother Brasil. Não foi uma das mais queridas. Chata, muito chata, extremamente chata por dizer algo que as pessoas não estão acostumadas ouvir: A VERDADE. Mas isso não era um problema dela e sim dos outros participantes, que estavam ali num jogo de convivência. CON-VI-VÊN-CIA.

Ao trazer a conversa para os dias atuais, é comum vermos pessoas discutirem sobre variados temas. Política, Saúde, Educação, Economia, Mídia e Comportamento estão como os mais cotados da atualidade. O que de fato entra em evidência é a forma como a sociedade tenta imprimir modos e costumes. Posso dizer de que forma o outro deva proceder?

Hoje em dia, pessoas gritam e pedem por justiça. Clamam por saúde, educação e segurança. Vivem dias de medo e incerteza, sem perder a fé, seja no que for. Até aí as coisas andam muito bem, obrigado. Mas, quando a conversa parte para o princípio do como estou certo e você está errado, os seres humanos vivem um embate que, sem sombra de dúvidas, não chegará a um denominador comum.

Seria como se um médico dissesse a um engenheiro civil quantos blocos uma parede leva. Ou um juiz questionasse uma manicure a quantidade de esmalte base ela deveria usar na mão dele. Esses embates têm deixado muitas divergências e descontruído muitas pontes. Na mídia não é diferente. Temos vivido tempos de muita mordaça (corda ou qualquer outro material com que se ata a boca de uma pessoa, impedindo-a de falar) e de todas as maneiras tentam calar a voz dos jornalistas e profissionais da comunicação.

Estou certo de que até no jornalismo, ultimamente, alguns comunicadores divergem por pensar diferente. Um bom exemplo disso foi o dia em que dois comunicadores, ou que assim desejam ser chamados, saíram aos murros numa emissora de rádio por pensar diferente. A divergência está em todo lugar, mas o respeito não pisa em qualquer terra.

O código de ética dos jornalistas é enfático quando nos permite comunicar a verdade dos fatos. Mas não pense que somos ‘os intocáveis’ por saber tantas coisas erradas e que com as leis e à cultura do nosso país, jamais vamos conseguir mudar. Somos responsáveis pelos nossos atos. O diferencial de um bom jornalista é dizer aquilo que poucos têm coragem.

Mas como vivemos em sociedade e de acordo com a Constituição de 1988 (que está bem atrasada, por sinal), olha eu querendo dizer o que os juristas devem fazer, todos, sem exceção, temos o direito de expressar opiniões, mas cabe a cada um responder por seus atos.

Para não restar dúvidas, sou blogueiro voluntário deste site e os textos são feitos através de percepções do cotidiano. Aqui, pelo menos até hoje, nunca teve mordaça. Porém, como um bom jornalista, defendo minha classe e o nosso direito de informar.

Voltando ao tema desse texto, não existe resposta para a pergunta que fiz. Vai de cada um. Da educação, índole e princípios. O mundo é cheio de oportunidades. Podemos escolher o cabelereiro, pintor, advogado etc. Todos têm seu preço e valores morais. Tem gente que escolhe uma bela roupa e cara, outros preferem algo mais discreto. Da mesma forma é na comunicação, alguns gostam da notícia com mais veracidade e cruzamento de informações, outros se contentam com comunicadores que assim se dizem ser.

Fazendo uma analogia simples e compreensível, essa incessante disputa de como o outro deve agir, pode ser comparada ao clássico jargão: ‘Pimenta no olho do outro é refresco’.

E para terminar os versos poéticos desse imbróglio ao qual me meti, vou me retirar, por que melhor do que discutir o que o outro deva fazer é tomar um forte e gostoso suco de maracujá.

Postada em 20/02/2018 21:26 | Atualizada em 20/02/2018 21:56
Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

O site Correio Notícia - Portal de Notícias do Sertão de Alagoas não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.
Veja mais de Emerson Emídio
Postagens Anteriores123456Próximas Postagens

1

Em Santana do Ipanema

MP realiza audiência pública para a criação de Conselhos Municipais de Segurança

2

Meio ambiente

Semarh incentiva gestão participativa para uso das água do Canal do Sertão

3

Passa bem

Mulher que impediu sequestro do filho em São José da Tapera tem bala alojada no corpo

4

Em flagrante

Homem é preso pela Polícia Militar depois de ser encontrado com drogas em Água Branca

5

Através de parceria

1.400 famílias são beneficiadas com doação simultânea de alimentos

6

No clima bom

Perseguição policial resulta na prisão de homem e apreensão de revólver em Olivença

1

Wellington Santos

Quem será o novo secretário de Meio Ambiente de Delmiro Gouveia?

2

Jota Silva

Esposa de Luciano Aguiar é nomeada secretária-adjunta do Turismo, Cultura e Esporte

3

Lista completa

Conheça os secretários da gestão do prefeito interino de Mata Grande, Franklin Lou

4

No escuro

Eletrobras corta fornecimento de energia da sede da Prefeitura de Delmiro Gouveia

5

Avaliação

Gestão de Padre Eraldo em Delmiro Gouveia tem 91% de desaprovação, revela pesquisa

6

Quase R$ 5 mil

Filho adotivo do prefeito de Delmiro Gouveia sai da cadeia depois de pagar fiança

1

Violência

Homem é assassinado com vários disparos de arma de fogo em Major Izidoro

2

No escuro

Eletrobras corta fornecimento de energia da sede da Prefeitura de Delmiro Gouveia

3

Ao se apresentar

Polícia Civil prende acusado de matar “Luquinhas” e esfaquear mulher em Delmiro Gouveia

4

Polícia confirma

Homem morto em Major havia assassinado cuidador de cavalos em Olho D’água do Casado

5

Lista completa

Conheça os secretários da gestão do prefeito interino de Mata Grande, Franklin Lou

6

Acidente

Homem é socorrido depois de ficar ferido em batida entre carro e moto em Delmiro Gouveia